Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

O Som e a Fúria

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

Gal Costa: o que se sabe sobre denúncias de maus-tratos de ex-funcionários

Dois ex-funcionários entraram na justiça pedindo 1,1 milhão de reais em direitos trabalhistas e compararam o trabalho a "exploração e escravidão"

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 8 jul 2024, 10h59 - Publicado em 8 jul 2024, 10h58

Como se não bastasse a briga entre a ex-companheira de Gal Costa, Wilma Petrillo, com o filho da cantora, Gabriel Costa Penna Burgos, outro imbróglio judicial surgiu nesta semana. O casal Luciana de Souza Santos e Ed Wilson, ex-funcionários da família, entraram com processos contra o espólio da artista cobrando 1,1 milhão de reais em direitos trabalhistas. Wilma Petrillo também é citada.

O casal fez a revelação durante uma entrevista ao programa Domingo Espetacular, da Record, exibido neste domingo, 7. “Muito humilhante. A pessoa está com fome, não pode comer. Com um monte de comida lá, não pode comer”, disse Luciana na entrevista. Ela comparou o regime de trabalho a “exploração e escravidão”. Ela afirmou que chegou a ser repreendida por ter comido uma feijoada que estava na geladeira. A ex-funcionária mostrou também um áudio de WhatsApp em que reclama com Wilma. “Trabalhei mais de 12 horas e você reclama de mim ainda, Wilma? Eu fiz dois horários sem comer nada”.

Luciana e Ed contaram ficarem meses sem receber salário. “Tinha vezes que ela pagava. Aí ficava dois, três meses sem pagar. Às vezes dava um pouco em dinheiro e dava cheque. Tinha que cobrar bastante a Gal Costa para ela poder pagar. Porque ela dizia esquecer”, afirmou Luciana.

Os dois funcionários afirmaram que nunca tiveram suas carteiras de trabalho assinadas. Eles pedem pagamento de Décimo Terceiro Salário, férias e horas extras. Além de outros benefícios que não eram pagos, previstos na legislação. As audiências devem ocorrer no início de agosto nas varas de trabalho de São Paulo.

Continua após a publicidade

O brilho eterno de uma estrela da música brasileira ameaçado por histórias privadas. Agora, dois processos judiciais que ultrapassam R$ 1,1 milhão podem ferir a imagem deixada por Gal Costa, uma das cantoras mais admiradas do Brasil. Uma empregada doméstica que trabalhou por cinco anos na casa dela entrou na Justiça com diversas acusações.

Nem Wilma, nem Gabriel se manifestaram sobre as acusações.

Na semana passada, a polícia concluiu o inquérito que apurava se a morte da cantora foi criminosa. Em um relatório enviado ao Ministério Público, no entanto, ninguém foi indiciado.

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

  • Tela Plana para novidades da TV e do streaming
  • O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
  • Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
  • Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.