Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
O Som e a Fúria Por Felipe Branco Cruz Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal

Com crise de ansiedade, Axl Rose prejudica mais um show do Guns N’ Roses

A banda subiu ao palco em Londres com atraso de uma hora; razão teria sido crise que o vocalista sofreu momentos antes da apresentação

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 5 jul 2022, 09h35 - Publicado em 4 jul 2022, 10h15

A maré de má sorte na turnê europeia do Guns N’ Roses parece estar longe do fim. Dias após a voz de Axl Rose falhar em um show na Noruega, o cantor sofreu uma crise de ansiedade no último fim de semana após uma apresentação no Tottenham Hotspur Stadium. Segundo uma reportagem do jornal britânico The Telegraph, a abertura dos portões atrasou duas horas na sexta-feira, 1º, impossibilitando o show de abertura de Michael Monroe. Já a apresentação do Guns N’ Roses atrasou mais de uma hora e a banda precisou cortar sete músicas do repertório.

Segundo o jornal, o motivo do atraso foi uma crise de ansiedade que o vocalista Axl Rose teria sofrido, somente amenizada após os organizadores permitirem que o cantor pudesse dormir no estádio após o show. Além disso, a plateia reclamou ainda do volume do som, que estava muito baixo. Na plateia, muitos fãs gritavam para aumentar o volume. Clássicos do grupo como You Could Be Mine, Coma e um solo de guitarra de Slash tiveram que ser cortados. A boa surpresa foi a participação da cantora americana Carrie Underwood nas músicas Sweet Child o’ Mine e Paradise City.

Em setembro, o Guns N’ Roses voltará ao Brasil, onde fará dez shows. Além de Rio de Janeiro (onde eles se apresentarão no Rock in Rio) e São Paulo, também estão na agenda shows em Manaus, Recife, Goiânia, Belo Horizonte, Ribeirão Preto, Florianópolis, Curitiba e Porto Alegre.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)