Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Noblat Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Coluna
O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Por que não te calas, Raul Castro?

Ex-ditador de Cuba sai em defesa de Lula

Por Ricardo Noblat
Atualizado em 20 abr 2018, 08h00 - Publicado em 20 abr 2018, 08h00

Não se fala de corda em casa de enforcado, mas o general Raul Castro, ex-ditador de Cuba, que herdou o poder do seu irmão, Fidel Castro, falou, sim, em Havana, depois de passar o cargo de presidente ao seu vice, Miguel Díaz-Canel, tão linha dura quanto ele.

A certa altura do seu discurso à Assembleia Nacional, Raul observou a propósito do que ocorreu no Brasil:

– [Depois do] golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff, se consumou a prisão arbitrária do companheiro Lula, cuja liberdade reclamamos. Hoje [Lula está] submetido à prisão política para impedir que ele participe das próximas eleições presidenciais, já que segundo diferentes pesquisas, se houvesse eleições hoje, ninguém poderia ganhar de Lula.

Nos últimos 59 anos, ninguém pôde ganhar em Cuba qualquer eleição contra os irmãos Castro pelo simples fato de que as eleições, ali, jamais foram livres. Nem as eleições e nem coisa alguma que pudesse por o regime em risco.

Continua após a publicidade

Numa ditadura, não importa se de direita ou de esquerda, a oposição, quando muito, é tolerada. Ela serve para coonestar o regime e mais nada. Se ameaçar crescer, será abatida. Se for estridente, acaba silenciada.

De prisão política, Raul entende. Ainda existem presos políticos em Cuba. No passado, alguns milhares deles simplesmente foram fuzilados em nome dos ideais da revolução que em 1959 derrubou a ditadura de Fulgêncio Batista financiada pelo governo americano.

De democracia, Raul nada quer entender. Bem ou mal, é o que temos por aqui. Nunca democracia, ninguém é preso por defender suas ideias. Lula foi condenado pelos crimes comuns de corrupção e lavagem de dinheiro. Não é um preso político. É um político preso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.