Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Noblat

Por Coluna Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Os demônios de Alckmin

Ele não sabe qual seria o pior

Por Ricardo Noblat
Atualizado em 17 ago 2018, 07h00 - Publicado em 17 ago 2018, 07h00

Cada um ao seu modo, dois demônios perturbam Geraldo Alckmin a poucos dias de sua estreia no rádio e na televisão como candidato do PSDB à presidência da República.

Um deles atende pelo nome de Michel Temer. Nada assusta mais Alckmin do que o perigo de vir a ser identificado durante a campanha como o candidato de Temer.

Haveria razões de sobra para isso. O PSDB apoiou o governo Temer. Os partidos que apoiam Alckmin são os mesmos que sustentam o governo Temer. E Temer, sabe-se bem…

O segundo demônio de Alckmin chama-se Fernando Henrique Cardoso. Sempre que pode, e mesmo quando não deveria, o ex-presidente dá um chega para lá em Alckmin.

Foi o que fez, e por pura maldade, ao sugerir a união do PSDB com o PT se essa se revelar a única maneira de evitar no segundo turno uma eventual vitória de Jair Bolsonaro (PSL).

Continua após a publicidade

Ora, Alckmin disputa com Bolsonaro parte dos eleitores que detestam o PT. Se se dissemina a suspeita de que PT e PSDB poderão marchar juntos, só Bolsonaro ganhará com isso.

De resto, a poucos minutos de o jogo começar para valer, caberia ao ex-presidente proclamar a certeza na vitória do candidato do seu partido. Seria a melhor maneira de ajudá-lo.

Mas quem disse que Fernando Henrique quer ajudar Alckmin? Ele só está interessado em retocar a própria biografia. Foi até aqui o único presidente da República eleito pelo PSDB.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.