Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ganhar a Mega-Sena pode ser um inferno

Adeus à tranquilidade

Por Ricardo Noblat Atualizado em 30 jul 2020, 19h26 - Publicado em 20 set 2019, 08h00

Um ganhador isolado da Mega-Sena pode levar a vida tranquila desde que não conte a ninguém que ganhou e se comporte com discrição. Mesmo assim corre o risco de alguém da família contar.

Mas imagine-se na pele de quem ganhou na Mega-Sena junto com mais 48 colegas de trabalho. E que todos eles sejam servidores públicos lotados no gabinete do líder do PT na Câmara.

A vida tem tudo para virar um inferno. É o que começam a sentir os ganhadores do concurso desta semana. Poucos, ontem, trabalharam. Hoje, foram dispensados de trabalhar.

O ministro da Educação, aquele que toca flauta e gaita, e que dança de guarda-chuva no seu gabinete, atacou-os nas redes sociais. Lembrou que um assessor do PT já foi preso com dólares na cueca.

Uma fonte de informação do PT espalhou que cada um dos premiados processará o ministro pelo que ele disse. É falso. Não se cogita disso. Eles não querem briga.

A deputada Gleisi Hoffmann, presidente do PT, sugeriu que os vencedores filiados ao partido contribuam para a manutenção da vigília em Curitiba por Lula Livre. A ver. A ver.

Foi dado como certo que eles repartirão o prêmio com quatro copeiras que costumavam participar do bolão, mas que dessa vez preferiram ficar de fora. Falso também.

Como tudo que não falta no país é desempregado, o gabinete do líder do PT na Câmara começou a receber currículos de candidatos a vagas que poderão se abrir com a saída dos premiados.

Mas poucos entre eles pensam em pedir demissão. Ganhar R$ 2,4 milhões cada um não é nenhuma titica, mas não garante necessariamente o futuro de ninguém.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês