Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Noblat

Por Coluna
O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Em defesa do ex-capitão que se explica mal

Tradutor de pensamento

Por Ricardo Noblat
Atualizado em 30 jul 2020, 19h03 - Publicado em 2 abr 2020, 09h00

Estamos de acordo que o presidente Jair Bolsonaro tem dificuldades para entender certas coisas, e que por conta disso muitas vezes as reproduz mal quando obrigado a repeti-las.

Em mais uma entrevista exclusiva a Luiz Datena, apresentador de programa da Rede Bandeirantes de Televisão, Bolsonaro não soube explicar direito o que queria dizer. Natural.

Ele quis dizer que, se jovens fossem logo infectados pelo coronavírus, retardariam o pico de atendimento dos velhinhos na rede de saúde, o que acabaria por salvar mais gente idosa.

Jovens são mais resistentes e morrem menos. Mas Bolsonaro não desejou que eles se infectassem de propósito. Seria aconselhável que Bolsonaro só falasse com um tradutor ao seu lado.

Continua após a publicidade

Não tem um tradutor de libras? Teria outro de pensamento. A ideia não é nova. Foi usada pelo publicitário baiano Geraldo Walter para debochar de um candidato que falava empolado.

Em metade da tela do televisor, aparecia o candidato dizendo coisas incompreensíveis. A imagem congelava. E na outra metade aparecia o tradutor do candidato. Foi um sucesso de audiência.

Mas não foi suficiente para derrotar o candidato que se elegeu. Em respeito à sua memória, omito seu nome. Foi um dos mais celebrados senadores de sua época. Jurista de mão cheia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.