Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Modo Avião Por Tatiana Cunha As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem

As cidades mais perigosas e as mais seguras ao redor do mundo

Conceituado jornal britânico "The Economist" elaborou um ranking de 60 cidades com base em itens como segurança pessoal, digital, entre outros

Por Tatiana Cunha Atualizado em 30 jul 2020, 20h40 - Publicado em 17 nov 2017, 15h27

Como é ruim viajar para um local onde não nos sentimos seguros, né?

Aquela sensação de insegurança o tempo todo, ter que ficar com as “anteninhas” sempre atentas, deixar todos os “pertences” no hotel e andar com a mochila agarrada ao corpo e a máquina fotográfica bem escondida lá dentro.

Tá certo que quem vive em algumas das grandes cidades brasileiras hoje em dia não está muito longe desta realidade, mas quando falamos em férias, tudo o que queremos é poder relaxar e fazer justamente o contrário disso.

Caminhar pelas ruas sem preocupação, poder ficar com a câmera sempre a mão para captar os bons momentos da viagem e ter a liberdade de “se perder” pelos cantinhos misteriosos da cidade.

Isso é muito fácil quando você está no Japão ou na Escandinávia, por exemplo, mas pode ser um problema para quem viaja para o Paquistão ou Myanmar, segundo um ranking elaborado pelo conceituado jornal “The Economist”, da Inglaterra.

 

O periódico listou 60 cidades do mundo e as classificou como mais ou menos seguras com base em alguns critérios. São eles segurança digital (quão digitalizadas e quão protegidas estão de ataques cibernéticos), segurança de saúde (acesso a serviços de saúde básicos e em emergências), segurança de infraestrutura (quão seguras e preparadas são as edificações, estradas, pontes, etc) e segurança pessoal (que engloba desde ameaças terroristas a crimes urbanos e homicídios).

Foram atribuídos pontos para cada um dos itens e depois as cidades foram classificadas de acordo com a pontuação obtida: as mais seguras ganharam mais pontos e as mais perigosas, menos. Para servir como comparação, Tóquio (foto no alto), a mais segura de acordo com o ranking, teve 89,90 pontos. Já Karachi, no Paquistão, considerada a mais perigosa dentre as 60 que fazem parte da lista, somou apenas 38,77 pontos.

Continua após a publicidade

E as cidades brasileiras, como ficaram? Bem, apenas duas entraram para o ranking: Rio e São Paulo. A cidade maravilhosa ficou com o 37o posto, atrás de Kuwait, Santiago e Washington DC, entre outras. O Rio de Janeiro teve 66,54 pontos. Já São Paulo aparece na posição seguinte, a 38a, com 66,30 pontos.

Quer saber mais? Apenas uma cidade localizada em um país em desenvolvimento aparece entre as 30 mais seguras. Sabe que cidade é esta? Buenos Aires. A capital argentina ocupa o 29o posto, com 76,35 pontos.

Se é motivo de orgulho ou não eu não sei, mas já estive nas 15 cidades mais seguras do mundo de acordo com o ranking do “Economist”. E posso dizer que, de fato, me senti bastante segura nelas.

Já da parte de baixo da tabela, só estive em duas das dez consideradas mais perigosas: Ho Chi Min (56a) e Rangum (59a, foto abaixo). Não sei se tive sorte de principiante ou o que foi, mas não tive nenhum problema em nenhuma delas nem me senti menos segura do que me sinto em São Paulo ou no Rio, por exemplo. Pra ser sincera, pelo contrário.

Ficou curioso para ver a lista completa? Pois então aí vai ela 😉

1 Tóquio 89,80
2 Cingapura 89,64
3 Osaka 88,87
4 Toronto 87,36
5 Melbourne 87,30
6 Amsterdã 87,26
7 Sydney 86,74
8 Estocolmo 86,72
9 Hong Kong 86,22
10 Zurique 85,20
11 Frankfurt 84,86
12 Madri 83,88
13 Barcelona 83,71
14 Seul 83,61
15 São Francisco 83,55
16 Wellington 83,18
17 Bruxelas 83,01
18 Los Angeles 82,26
19 Chicago 82,21
20 Londres 82,10
21 Nova York 81,01
22 Taipei 80,70
23 Washington DC 80,37
24 Paris 79,71
25 Milão 79,30
26 Dallas 78,73
27 Roma 78,67
28 Abu Dhabi 76,91
29 Buenos Aires 76,53
30 Doha 73,59
31 Kuala Lumpur 73,11
32 Pequim 72,06
33 Atenas 71,90
34 Xangai 70,93
35 Santiago 70,03
36 Kuwait 67,61
37 Rio de Janeiro 66,54
38 São Paulo 66,30
39 México 65,52
40 Istambul 65,23
41 Moscou 63,99
42 Jeddah 62,80
43 Délhi 62,34
44 Lima 61,90
45 Mumbai 61,84
46 Bogotá 61,36
47 Riad 61,23
48 Casablanca 61,20
49 Bangkok 60,05
50 Johanesburgo 59,17
51 Cairo 58,33
52 Teerã 56,49
53 Quito 56,39
54 Caracas 55,22
55 Manila 54,86
56 Ho Chi Min 54,33
57 Jacarta 53,39
58 Dhaka 47,37
59 Rangum 46,47
60 Karachi 38,77

 

Para saber mais sobre o ranking, o site oficial é este aqui.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)