Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Me Engana que Eu Posto Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Coluna
A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.
Continua após publicidade

Decreto presidencial sobre convocação para o Exército no Carnaval é falso

Documento justifica medida por conta da 'iminência de conflito' com a Venezuela; convocados ficariam incomunicáveis durante o feriado

Por André Siqueira
26 fev 2019, 19h17

Com o feriado de Carnaval se aproximando, começou a circular nas redes sociais, na tarde desta terça-feira 26 o boato de que o presidente da República Jair Bolsonaro decretou que todos os homens, de 18 a 60 anos, sirvam ao Exército em razão da “iminência de conflito armado com a República Bolivariana da Venezuela“. 

De acordo com a lorota, o decreto 9.715, publicado na segunda-feira, 25, convoca “todos os homens brasileiros, de 18 a 60 anos de idade, independente do estado civil, às 18h do dia 01 de março de 2019, para treinamento militar, de caráter sigiloso e com término no dia 06 de março de 2019 (quarta-feira de cinzas)”. O artigo 2º ressalta que, “salvo decisão do Comando, os convocados permanecerão em regime de incomunicabilidade durante todo o período de treinamento militar”.

Falso decreto convoca homens para treinamento militar durante o Carnaval (Reprodução/Reprodução) (Twitter/Reprodução)

De fato, existe um decreto 9.715, mas na verdade trata-se de uma lei promulgada em 25 de novembro de 1998, pelo então presidente do Senado Antônio Carlos Magalhães. O documento, ao contrário do que circula nas redes sociais, versa sobre as contribuições para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/PASEP). 

Continua após a publicidade

A imagem falsa cita como motivo para a convocação para o Exército o inciso XIX do artigo 84 da Constituição, que realmente atribui ao presidente o poder de “decretar, total ou parcialmente, a mobilização nacional” e de “declarar guerra no caso de agressão estrangeira”. No entanto, nos dois casos, o Congresso precisaria referendar a decisão do Executivo. 

Você também pode colaborar com o Me Engana que Eu Posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.