Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

PT aguarda que irmão de Ciro agora diga: “Lula tá solto, babaca”

Ou... a estratégia petista para obrigar Cid Gomes a pedir desculpas para o ex-presidente

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 Maio 2022, 09h52 - Publicado em 4 Maio 2022, 08h57

Cid Gomes (PDT), senador e irmão do presidenciável Ciro Gomes, anda quieto, bastante quieto, nesta eleição. Até aliados pedetistas estão assustados com a sua pouca mobilização.

Para se ter uma ideia, nos últimos 25 dias – ou mais de três semanas – ele e sua equipe fizeram míseros três twittes – apenas três – sendo o último sobre o governo Bolsonaro.

Alguém pode defender o senador e dizer que ele não é muito ativo nas redes sociais, mas é estranho para um ex-governador, irmão de um presidenciável que é terceiro colocado nas pesquisas eleitorais, justificar essa participação modorrenta no debate  político brasileiro.

Não foi assim na campanha passada, quando Cid Gomes protagonizou uma das cenas mais emblemáticas relacionadas à vitória de Jair Bolsonaro contra Fernando Haddad.

Ao cobrar “mea culpa” do PT em um encontro pró-Haddad no Ceará, e ser fortemente vaiado, o irmão de Ciro gritou “Lula tá preso, babaca”, bordão que marcou as eleições de 2018. Era outubro daquele ano.

Continua após a publicidade

Pois bem. O tempo passou.

Estamos agora em maio de 2022.

Lula está solto, lidera a corrida eleitoral e Ciro Gomes, irmão de Cid, não deslancha nas pesquisas – mesmo contratando o marqueteiro João Santana, apelidado de “mago”.

Enquanto a esquerda se divide no Ceará com quatro pré-candidatos do PDT ao governo do Estado e o PT estudando, nos bastidores, se apoiará um deles ou se lançará um nome de última hora, petistas locais agora esperam um “mea culpa” de Cid Gomes. Uma sinalização, que seja. Um pedido de desculpas para Lula.

Continua após a publicidade

Ou isso, ou…

Cid Gomes será alvo de uma “campanha” do PT (que não demorará a começar) dizendo “Lula tá solto, babaca”. Pretende-se fazer  isso durante a eleição ou, após o pleito, se tudo der certo, com um que é considerado ainda melhor: “Lula é presidente, babaca”.

O irmão de Ciro Gomes que comece a colocar a barba rala de molho em relação ao Partido dos Trabalhadores no Ceará.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.