Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Procuradores veem retrocesso em lei sobre licenciamento ambiental 

Associação Nacional dos Procuradores da República revela que a aprovação da proposta representaria o aumento de riscos ambientais e insegurança jurídica

Por Matheus Leitão Atualizado em 11 ago 2021, 15h14 - Publicado em 11 ago 2021, 15h13

Procuradores da República apontaram, por meio de sua Associação Nacional, diversos retrocessos no Projeto de Lei nº 2.159/2021, que pode flexibilizar as regras para licenciamento ambiental.

Em nota técnica assinada pelos membros do MPF Luis Eduardo Marrocos de Araújo, Marco Antonio Delfino de Almeida e Sandra Akemi Shimad Kishi, a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) revela que a aprovação da proposta representaria o aumento de riscos socioambientais alem de uma significativa insegurança jurídica.

Para a ANPR, a lei fragiliza as regras de licenciamento ambiental, incluindo a dispensa do procedimento para uma série de atividades e empreendimentos. Por exemplo, em relação aos povos indígenas, somente terras homologadas e territórios titulados serão necessários os procedimentos de licenciamento ambiental.

Na avaliação desses procuradores, haverá um impacto significativo ao meio ambiente, além de a lei ser incompatível com diversos artigos da Constituição Federal.

Continua após a publicidade

Publicidade