Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Pesquisa revela a chegada de um momento perigoso para Bolsonaro

Saiba a opinião de Antônio Lavareda, cientista política, sobre a nova rodada do levantamento

Por Matheus Leitão Atualizado em 30 Maio 2022, 17h38 - Publicado em 20 Maio 2022, 11h58

A nova rodada da pesquisa Ipespe, sob responsabilidade do cientista político Antônio Lavareda, mostra que o presidente Jair Bolsonaro está perto do “teto atual” dele.

“Bolsonaro tem 2 pontos para crescer (segunda escolha). Para expandir mais, a economia deve pegar tração e a inflação recuar bastante”, afirmou Lavareda para a coluna.

A chance das duas coisas acontecerem – a economia voltar a crescer e a inflação recuar – até a eleição em outubro, ou seja, daqui a 135 dias, é extremamente difícil.

Questionado pela coluna se diante desse fato o presidente estaria mesmo parando a forte recuperação nas pesquisas que teve nos últimos meses, o cientista político afirmou: “Está pertíssimo do teto atual”.

Vamos lá.

É que a aprovação do governo, que vinha melhorando, começou a mostrar outro movimento, segundo apontam os dados coletados pelo levantamento.

Continua após a publicidade

Aqueles que acham a atual gestão ruim e péssima subiu de 51% para 52%, e os que consideram regular caiu de 17% para 16%. Sim, apenas 1 ponto para cada lado, mas antes o movimento era exatamente o contrário. A desaprovação do governo como um todo, diante desses números, subiu 1 ponto, para 61%.

A diferença entre Lula, que lidera as pesquisas, e Bolsonaro manteve-se a mesma – 12 pontos porcentuais -, ficando em 44% contra 32%. É o que mostram os números da pesquisa.

Sobre a segunda opção dos eleitores, Lavareda afirmou que, na avaliação pública que faz quando uma nova rodada é divulgada, os “dois líderes (Lula e Bolsonaro) estão perto dos respectivos tetos”.

Bolsonaro aparece como segunda opção para apenas 2% dos eleitores. Até nisso Lula ganha dele, aparecendo com 4%.

Para ter uma ideia, Ciro Gomes, o eterno terceiro colocado nas pesquisas, aparece como segunda opção para 27% dos entrevistados pelo levantamento.

Todos esses dados, obviamente, poderão se alterar ao longo da campanha de 2022.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)