Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

O inacreditável lance de Zambelli por Alexandre de Moraes

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 23 fev 2023, 14h36 - Publicado em 23 fev 2023, 13h03

Carla Zambelli, a deputada federal bolsonarista que saca armas cometendo crimes à luz do dia, resolveu afinar o tom para Alexandre de Moraes, o ministro que conteve a extrema direita na eleição mais importante após a redemocratização.

Depois de passar o mandato lutando para fazer uma injustiça — o primeiro impeachment de um ministro do Supremo –, agora defende sua permanência na Corte.

Por quê? Porque, na visão dela, o que está ruim sempre pode piorar.

Bolsonaro não ganhando, a gente tem que virar a chave. Qualquer impeachment no STF, o substituto vai ser indicado por Lula. Pode entrar uma pessoa que faça as maldades do Alexandre de Moraes parecerem uma criança chupando picolé”, disse à Folha.

Pode uma coisas dessas?

Continua após a publicidade

Essa é a mesma parlamentar que, filmada durante uma confusão generalizada às vésperas da eleição, alega ter sido vítima de violência. Mas todas as imagens da baixaria só mostram ela e seus “seguranças” cometendo crimes. É a mesma pessoa que inventou uma infecção por Covid-19 para defender o ineficaz tratamento com a cloroquina.

São várias controvérsias. Mas agora resolveu recuar “pelo bem do povo brasileiro”.

Na entrevista, a ultraconservadora e extremista de direita ainda criticou publicamente seu líder máximo, dizendo que ele deveria estar no Brasil liderando a oposição. Também defendeu ser necessário criar novas opções pra 2026.

“Ele pode ser candidato, mas a gente tem que preparar uma nova alternativa. A direita tem que ter quatro, cinco alternativas. Tem que ter Bolsonaro, Michelle, os filhos do Bolsonaro, Tarcísio e outros.”

Continua após a publicidade

Somando o recuo em relação a Moraes com o “chega para lá” em Bolsonaro, Zambelli está mudando sua estratégia política.

Vendo que o ex-presidente está cada vez mais enrolado com a Justiça Eleitoral — a mesma que deverá torná-lo inelegível –, Zambelli resolveu abandonar certas convicções. Caloura da política que acabou de cumprir seu primeiro mandato, só não sabia de uma coisa: que nós perceberíamos tudo.

Será que ela vai se colocar como uma das “alternativas” nas próximas eleições?

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.