Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

O grande alerta para Lula e o PT na nova pesquisa Quaest

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 13 Maio 2024, 17h42

A primeira pesquisa Quaest sobre a próxima eleição presidencial traz um importante alerta para o PT que não deveria ser ignorado. Ou seja, merece do partido um outro comportamento, diferente da atitude costumeira do partido de criticar pesquisas que não o favorecem.

Apesar de Lula figurar como o político brasileiro mais popular – o que não é nenhuma novidade -, 55% dos eleitores acreditam que o presidente não merece uma nova chance, depois desse terceiro mandato.

A coluna fez o dever de casa do bom jornalismo e foi ouvir lideranças petistas, que apontaram uma coisa importante: uma pesquisa feita tanto tempo antes da eleição não tem o mesmo peso porque os entrevistados estão falando de conjecturas.

Sim, é verdade.

Continua após a publicidade

Mas o recado permanece, mesmo que dois anos antes da próxima eleição presidencial: a maioria quer renovação, inclusive na centro-esquerda e na esquerda de Lula. A má notícia para esse lado do espectro político é que ninguém levanta a possibilidade de que Lula possa não ser um candidato à reeleição.

Isso é tratado como pecado nos círculos petistas. Por isso, nenhuma outra liderança pode crescer e rivalizar com o presidente Lula, que segue para tentar seu quarto mandato em uma das eleições mais acirradas da história.

Para a democracia não é bom ter quatro vezes o mesmo presidente, ou testemunhar quatro mandatos para o mesmo presidente. Além disso, Lula tem também uma grande rejeição.

Continua após a publicidade

A direita, por sua vez, ou seja, o outro espectro político, também tem desejo de renovação, ainda que o ex-presidente Jair Bolsonaro, inelegível, continue na frente das intenções de voto.

Mas também na direita se busca uma nova liderança, seja com o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas, seja com Ratinho Júnior, governador do Paraná ou a própria Michelle Bolsonaro, mulher do ex-presidente.

O resumo da pesquisa é que sim, o país quer renovação ainda que permaneça polarizado. No campo da esquerda, Fernando Haddad, que é a liderança mais conhecida e reconhecida pelos eleitores nesta pesquisa, parece sempre com temor de colocar a cabeça de fora e ser atropelado por lulistas do PT. Não está fácil a próxima sucessão.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.