Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Matheus Leitão

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

O estrago que o relatório sobre Bolsonaro causou dentro da PF

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 jul 2024, 17h16 - Publicado em 9 jul 2024, 15h45

O infantil, grosseiro e irresponsável erro da Polícia Federal no relatório final do caso das joias contra Jair Bolsonaro fez um estrago interno na corporação.

Segundo a coluna apurou, houve até a “suspeita” entre grupos da PF de que o erro foi deliberado para ajudar o ex-presidente.

Fato é que o relatório final foi construído por meses. A equipe teve todo o tempo do mundo para a construção do texto e a checagem de informações.

Mas o que aconteceu?

Continua após a publicidade

O relatório final afirmava que as joias e presentes desviados valiam mais de R$ 25 milhões. Poucas horas depois o valor foi corrigido em informação enviada à imprensa. Era, na verdade, cerca de R$ 7 milhões.

O líder da extrema-direita imediatamente aproveitou a oportunidade e escreveu em sua conta no “X”, ex-Twitter: “aguardemos muitas outras correções. A última será aquela dizendo que todas as joias ‘desviadas’ estão na CEF [Caixa Econômica Federal], acervo ou PF, inclusive as armas de fogo”.

Um vexame para a PF, que ajudou justamente a narrativa do principal acusado, a de perseguição política.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.