Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Mundo se aproxima de um milhão de mortos por Covid-19

Apesar das boas notícias, como a queda do número diário de óbitos em vários países, a exemplo do Brasil, há 73 países com aumento de casos 

Por Matheus Leitão Atualizado em 21 set 2020, 09h36 - Publicado em 21 set 2020, 08h40

O mundo está chegando a um milhão de mortos por conta do novo coronavírus – 200 mil nos Estados Unidos e 136 mil no Brasil. Enquanto alguns países vivem a diminuição diária da contaminação, a exemplo do Brasil, o contágio em algumas nações está aumentando, como na Índia. Já outras regiões testemunham um novo crescimento, após queda vertiginosa dos números, caso da Europa. 

Segundo reportagem do The New York Times, existem 73 países onde a doença está avançando em vez de reduzir o seu ímpeto. Na India, estão acontecendo 90 mil casos de contágio a cada dia. Israel está no auge da luta, com fortes medidas restritivas, enfrentando o segundo lockdown. É uma das poucas nações que ainda estão na fase do isolamento social total.

Após quase um ano da pandemia mais violenta do último século, as restrições têm gerado reações diversas de país para país. Moradores de Madri, na Espanha, por exemplo, saíram às ruas neste domingo, 20, para protestar contra o bloqueio de dezenas de áreas na capital, principalmente nos subúrbios da classe trabalhadora, que são os mais densamente povoados.

ASSINE VEJA

A vez das escolas Leia esta semana em VEJA: os desafios da retomada das aulas nas escolas brasileiras. E mais: Queiroz vai assumir toda a responsabilidade por ‘rachadinha’
Clique e Assine

Enquanto isso, as restrições do coronavírus em viagens e reuniões foram suspensas na maior parte da Nova Zelândia, a partir da meia-noite desta segunda-feira, 21. Nos Estados Unidos, as escolas começam a reabrir em alguns estados, caso da cidade de Nova York, Após meses com os números de contaminação caindo em todo o país, a contagem diária de novos casos do país voltou a subir, gerando preocupação.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês