Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Bolsonaro, quem diria, constrói alternativas para 2022

O presidente aprendeu a tapar buracos

Por Matheus Leitão 3 dez 2021, 17h19

Ao contrário do que muitos acham, o presidente Jair Bolsonaro está, sim, construindo alternativas para o futuro em busca de fortalecimento nas eleições de 2022.

Quando chegou ao poder, em 2018, o presidente participou da eleição com um partido pequeno e sem expressão, o PSL. No entanto, essa estratégia só funcionou para aquele momento, numa situação atípica, de eleição extremamente polarizada e que, segundo cientistas políticos, não vai se repetir.

Sabendo disso, Bolsonaro fez um movimento diferente e se filiou ao PL, um partido com estrutura e muito maior do que era o PSL em 2018. A escolha não foi por acaso. É real a perda de popularidade do presidente.

Todos sabem que ele errou muito na pandemia, que é uma pessoa desequilibrada e que atrapalha o país. A filiação ao PL é uma tentativa de tapar um dos buracos abertos nos últimos meses. Mesmo que isso vá completamente contra o que ele pregou para se eleger.

Outra jogada de Bolsonaro foi a criação do Auxílio Brasil. Aos trancos e barrancos, ele conseguiu a aprovação da PEC dos Precatórios e agora terá um programa social para chamar de seu. Bolsonaro acredita que vai para o segundo turno e quer usar o auxílio contra o PT.

Outro “tapa buracos” usado por Bolsonaro foi a nomeação de André Mendonça para ser ministro do Supremo Tribunal Federal. Mesmo com dificuldades, o presidente conseguiu o tão anunciado ministro “terrivelmente evangélico”.

A estratégia fala com uma de suas bases eleitorais mais fiéis: a dos evangélicos. Com a aprovação de Mendonca, Bolsonaro tenta manter votos que serão importantes em 2022.

Embora muita gente pense diferente, Bolsonaro tem uma capacidade política grande. Ele já mostrou isso antes e está mostrando agora com esses tapa buracos.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês