Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho e Isabella Alonso Panho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Sob pressão, Flávio Dino tem novo duelo marcado com o bolsonarismo

Ministro da Justiça foi convocado a prestar esclarecimentos em colegiado na Câmara marcado pela forte oposição a Lula

Por Da Redação Atualizado em 10 Maio 2024, 08h45 - Publicado em 6 out 2023, 15h17

O ministro da Justiça, Flávio Dino, vai prestar esclarecimentos na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados na próxima terça-feira, 10. A convocação ocorre em meio a críticas à gestão na área da segurança pública e à possibilidade de o chefe da pasta deixar o governo para assumir a vaga de Rosa Weber no Supremo Tribunal Federal (STF).

Foram dezenove requerimentos para convocar o ministro, quase todos apresentados por deputados do PL. A comissão, presidida pelo deputado Ubiratan Sanderson (PL-RS), é constituída majoritariamente por bolsonaristas e parlamentares ligados a forças de segurança, como policiais e militares. O colegiado tem se caracterizado por ser um dos principais de atuação da oposição a Lula na Câmara.

Um dos pedidos acusa Dino de fake news por declarações em que relacionou colecionadores, atiradores esportivos e caçadores (CACs) ao desvio de armas para o crime organizado. Os parlamentares também pedem que ele explique a demissão do policial federal Caio Márcio Ângelo de Sousa, que foi candidato a deputado federal pelo PL em 2022. A pasta alegou que o servidor fez uso do cargo para obter benefícios políticos, o que constitui infração disciplinar. 

Os membros da comissão também pedem que o ministro esclareça a prisão do ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, o tenente-coronel Mauro Cid, realizada pela Polícia Federal, o decreto que instituiu novas regras para posse e porte de armas e a exclusão de imagens das câmeras de segurança do dia 8 de janeiro.

O encontro será mais um no qual o ministro deverá ficar frente a frente com a oposição bolsonarista — ele é um dos integrantes do governo que mais vezes foram ao Congresso para prestar esclarecimentos. Na quase totalidade das audiências, ele e os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro protagonizaram momentos de bate-boca, ironias e trocas de farpas.

Continua após a publicidade

Como mostrou reportagem de VEJA na edição desta semana, na esteira da violência na Bahia e no Rio de Janeiro, subiram as reclamações contra a atuação do ministro, que tentou reagir. Após nove meses de gestão, especialistas avaliam que Dino se mostrou firme e eficiente na gestão de crises, mas vem falhando na área de segurança. Falta atenção a problemas antigos, como o fortalecimento da capacidade investigativa da polícia, o reforço no combate ao tráfico de armas e o investimento em política integrada com estados. 

 

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.