Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Os três dias que irão abalar a disputa eleitoral em São Paulo

Entre quinta e sábado, encontros vão promover definições importantes para as candidaturas de Fernando Haddad, Tarcísio de Freitas e Rodrigo Garcia

Por Sérgio Quintella Atualizado em 6 jul 2022, 12h57 - Publicado em 6 jul 2022, 12h38

Os próximos três dias – entre quinta-feira, 7, e sábado, 9 – serão decisivos para clarear o cenário nas disputas eleitorais ao governo e ao Senado em São Paulo. Alguns dos principais partidos promoverão encontros que deverão definir os últimos detalhes para as composições de alianças.

O primeiro deles será o do PSD, na sede da legenda no centro da capital, na quinta-feira, que deverá selar o embarque da turma de Gilberto Kassab na canoa de Tarcísio de Freitas (Republicanos), com o ex-prefeito de São José dos Campos Felício Ramuth (PSD) como vice do candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

No sábado, em Diadema, com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-governador Márcio França (PSB) anunciará a decisão de concorrer ao Senado na chapa de Fernando Haddad (PT). Faltará, ainda, a escolha do candidato a vice-governador na chapa.

Também no sábado, no Hotel Transamérica, na zona sul da capital, o presidenciável Luciano Bivar, que é presidente do União Brasil, reúne os seus comandados em uma espécie de pré-convenção nacional do partido e anuncia apoio à candidatura do governador Rodrigo Garcia (PSDB) à reeleição. No plano nacional, o PSDB deverá indicar o vice na chapa presidencial da senadora Simone Tebet (MDB), mas Garcia já sinalizou que abrirá o seu palanque para Bivar, a que considera também um candidato da terceira via.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)