Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Os bons números para Ratinho Junior nas últimas pesquisas eleitorais

Tido como um dos nomes da centro-direita para 2026, governador do Paraná aparece em posições confortáveis nos levantamentos da Quaest e do Paraná Pesquisas

Por Laísa Dall'Agnol Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 14 Maio 2024, 23h08 - Publicado em 14 Maio 2024, 17h02

Cotado como um dos potenciais herdeiros do espólio eleitoral de Jair Bolsonaro, o governador do Paraná, Ratinho Jr. (PSD), tem motivos de sobra para comemorar os resultados das últimas pesquisas de intenção de voto.

Sondagem da Genial/Quaest sobre a eleição presidencial de 2026, divulgada na última segunda-feira, 13, aponta o mandatário paranaense como forte nome a suceder o ex-presidente em eventual disputa contra Luiz Inácio Lula da Silva.

Ratinho Jr. aparece em terceiro na lista de “opções” do eleitorado caso Bolsonaro fique, de fato, fora da disputa — por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele está impedido de disputar eleições até 2030. Com 10% da preferência dos eleitores, o governador paranaense fica atrás apenas do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), com 24%, e da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL), com 28%.

Ratinho Jr. aparece à frente de nomes da centro-direita e que também são cotados para “herdar” o eleitorado de Bolsonaro em 2026: os governadores Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais (7%), e Ronaldo Caiado (União Brasil), de Goiás (5%).

A mesma pesquisa Quaest aponta ainda que Ratinho Jr. tem potencial de crescimento numa eventual corrida ao Planalto, uma vez que 50% dos brasileiros afirmaram não conhecê-lo.

Continua após a publicidade

Levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira, 14, também mostra um cenário favorável ao governador do estado. Segundo a sondagem, seu governo é considerado “ótimo ou bom” por 63,3% da população, e três em cada quatro paranaenses (75,4%) aprovam a sua gestão.

A sondagem também mediu o impacto que padrinhos políticos teriam na decisão de voto da população de Curitiba em um candidato à Prefeitura. Ao todo, 31,1% dos entrevistados afirmaram que “com certeza” votariam em um candidato indicado por Ratinho. O índice é maior, inclusive, do que um postulante que tivesse o apoio de Bolsonaro: 26,6% dos entrevistados afirmaram que votariam em um candidato apoiado pelo ex-presidente.

Bons indicadores

Nos últimos anos, o Paraná tem comemorado bons índices econômicos e em áreas como educação. Em 2023, o Produto Interno Bruto (PIB) do estado cresceu o dobro da média nacional, com alta de 5,8%, e liderou o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), medido pelo governo federal em todo o país. Sob a gestão Ratinho, o estado saiu da sétima colocação, em 2017, quando tinha o índice de 3,7 (numa escala de zero a dez), e avançou para o topo do ranking, em 2021, com índice de 4,6.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.