Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O popular início de gestão de João Campos, mais jovem prefeito de capital

Segundo o Paraná Pesquisas, a sua atuação à frente da prefeitura da capital pernambucana é aprovada por 64,3% da população

Por Da Redação Atualizado em 30 ago 2021, 16h13 - Publicado em 30 ago 2021, 16h10

Herdeiro político do pai, Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em 2014 quando disputava a Presidência da República, João Campos (PSB), que aos 27 anos foi o mais jovem prefeito eleito nas capitais do país em 2020, começou bem o seu mandato à frente da prefeitura de Recife — iniciado em janeiro deste ano.

Segundo levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 24 e 27 de agosto, João Campos tem sua administração aprovada por 64,3% dos recifenses – outros 29% desaprovam e 6,6% não souberam ou não quiseram opinar.

Quando foram questionados sobre como avaliam a gestão de Campos, 41,% a classificaram como “ótima/boa”, enquanto 22,4% a consideraram “péssima” – outros 33,4% disseram “regular” e 2,7% não souberam ou não quiseram responder.

João Campos foi eleito no segundo turno com 56,3% dos votos válidos contra 44,7% de sua prima, a deputada federal Marília Arraes (PT) – ele é bisneto e ela é neto do ex-governador Miguel Arraes, o patriarca político da família e uma das maiores lideranças da história de Pernambuco.

A briga acirrada com a prima petista colocou Campos em rota de colisão com o PT, o que o levou a articular uma candidatura de terceira via para a Presidência da República em 2022. Há duas semanas, no entanto, ele se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tenta reatar a histórica aliança entre PT e PSB no estado e assim facilitar a costura entre os dois partidos para a disputa nacional. Para isso, o aval de João Campos é fundamental.

O ex-presidente Lula, ao lado do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e do prefeito de Recife, João Campos, ambos do PSB, durante visita do petista ao Recife
O ex-presidente Lula, ao lado do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e do prefeito de Recife, João Campos, ambos do PSB, durante visita do petista ao Recife Heudes Régis/SEI/Divulgação

A pesquisa ouviu 482 eleitores de Recife por meio de entrevistas telefônicas, sem o uso de robôs. A margem de erro é de 4,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)