Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Líder de Bolsonaro na Câmara ficou R$ 3 milhões mais rico em 4 anos

Ao registrar sua candidatura à reeleição à Câmara, Ricardo Barros informou patrimônio de 8,7 milhões de reais à Justiça Eleitoral

Por João Pedroso de Campos Atualizado em 4 ago 2022, 16h16 - Publicado em 4 ago 2022, 11h36

Líder do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) na Câmara e um dos principais caciques do Centrão, o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) pediu o registro de sua candidatura à reeleição junto à Justiça Eleitoral na última terça-feira, 2. Nas informações prestadas, Barros mostrou que seu patrimônio foi de 5,5 milhões de reais em 2018 para 8,7 milhões de reais neste ano, evolução de 3,2 milhões de reais (58%). Considerada a declaração feita por ele em 2014, de 1,8 milhão de reais, o avanço foi de 380%.

Os bens informados por Ricardo Barros à Justiça incluem 2,9 milhões de reais em nove itens a título de “créditos decorrentes de empréstimo”, em valores que variam de 28.000 reais a 953.558 reais, emprestados pelo deputado a oito empresas em que ele ou familiares são sócios.

Pelas sociedades nestas empresas, o deputado também informou 2,4 milhões de reais na rubrica “quotas ou quinhões de capital”, em negócios localizados, em sua maioria, em Maringá (PR), cidade do parlamentar. Em quotas que vão de 5.000 reais a 843.272 reais, ele é sócio nas empresas BHT Consultoria, Mineralizadora Fonte de Luz, R.C. 6 Mineração, Construtora Magalhães Barros, RJM Loteadora, MBR Locação de Veículos, RC4 Incorporações, RC3 Incorporações, RC1 Incorporações e Instituto de Formação, Gestão e Valor Educacional (IFGVE).

Barros declarou ainda três “adiantamentos para aumento de capital” feitos por ele a três empresas, num total de 2,3 milhões de reais a título de “outros bens e direitos”, além de 420.500 reais em dinheiro vivo. Seu patrimônio também envolve 41,94% na propriedade de um apartamento em Maringá, avaliada em 130.000 reais, uma sala comercial na cidade, por 26.648 reais, e dois terrenos rurais em Baixa Grande do Ribeiro (PI) que somam 90.000 reais.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)