Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse e Diogo Magri. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Haddad lidera, mas 84% não sabem apontar um candidato em SP

Petista cresce nas intenções de voto a depender do cenário pesquisado, embora eleitor só consiga decidir nomes após ver lista

Por Da Redação Atualizado em 12 Maio 2022, 12h25 - Publicado em 12 Maio 2022, 12h20

A pesquisa Queast/Genial de intenções de voto para o governo de São Paulo divulgada nesta quinta-feira, 12, trouxe motivos para o petista Fernando Haddad (PT) comemorar. Além de indicar que o ex-prefeito da capital paulista se mantém na liderança entre os candidatos, em alguns dos cenários pesquisados ele cresceu em percentuais acima da margem de erro (de 2,4 pontos percentuais) em relação à pesquisa anterior, de março, o que indica crescimento real, embora a Quaest afirme que as pesquisas anteriores não são exatamente comparáveis porque alguns candidatos mudaram. Mas o levantamento demonstra ainda que a disputa está aberta: na pesquisa espontânea, quando o eleitor fala quem será seu candidato sem olhar as listas com possíveis nomes, 84% dizem que ainda não escolheram.

No cenário espontâneo, todos estão empatados na margem de erro. Haddad tem 5%, assim como o candidato do presidente Jair Bolsonaro, Tarcísio de Freitas (Republicanos). O atual governador do estado, Rodrigo Garcia (PSDB), trm 3% e o ex-governador Márcio França (PSB) tem 1%.

É a primeira vez que o instituto de pesquisa não traz cenários com Guilherme Boulos (PSOL) entre os candidatos. O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) abriu mão da disputa em favor de Haddad, diante da aliança de seu partido com o PT, e deve concorrer a vaga na Câmara dos Deputados.

No cenário mais amplo da pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados para o eleitor, Haddad tem 30%; Márcio França, 17%; Tarcísio de Freitas aparece na sequência com 10%. Ele é seguido por Rodrigo Garcia, que conta com 5% das intenções de voto. O ex-prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth (PSD), tem 1%, mesmo percentual de Elvis Cezar (PDT), Vinícios Poit (Novo), Gabriel Colombi (PCB), Altino Junior (PSTU) e Abraham Weintraub (PMB).  19% dos eleitores afirmam que votarão branco ou nulo, enquanto 14% afirmam que ainda não decidiram.

Tanto na pesquisa anterior da Quaest, de março, quanto agora, havia um cenário alternativo, sem Boulos e Márcio França (que garante que será candidato, apesar de pressões tanto de seu partido quanto do PT para que abra mão da disputa em favor de Haddad). Nesse cenário, embora tanto Tarcísio quanto Garcia pontuem melhor, Haddad passou de 30% para 37% das intenções de voto, na comparação com a pesquisa anterior. Tarcísio passou de 12% para 14% e Garcia, de 6% para 8%. Esse cenário traz também Felício Ramuth e Vinícius Poit, mas ambos oscilaram para baixo.

A pesquisa foi feita entre os dias 6 e 9 deste mês, com 1.640 pessoas maiores de 16 anos. e registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número SP-00620/2022.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês