Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Guaíba volta a superar 5 metros; duas barragens têm risco de ruptura no RS

Prefeitura de Porto Alegre informa que sete bombas que controlam o nível das águas estão em operação

Por Bruno Caniato Atualizado em 14 Maio 2024, 09h03 - Publicado em 13 Maio 2024, 17h20

O nível do Lago Guaíba, que banha a região metropolitana de Porto Alegre, voltou a superar a marca de 5 metros de altura nesta segunda-feira, 13, segundo monitoramento da Agência Nacional de Águas (ANA), e segue subindo nesta terça-feira, 14. No último balanço, das 8h15 de hoje, o volume chegou a 5,20 metros, o que corresponde a uma alta de 58 centímetros desde a noite de domingo. As autoridades do Rio Grande do Sul alertam que a tendência é de elevação contínua e que o lago pode bater novo recorde de alta.

Em seu perfil no X (ex-Twitter), a Prefeitura de Porto Alegre informou que sete das 23 casas de bombas que mantêm as águas sob controle estão funcionando, e que a expectativa de estragos é menor do que no último transbordamento do Guaíba, na semana passada, quando apenas quatro máquinas estavam operantes.

Ainda assim, a Defesa Civil estima que o Guaíba pode ultrapassar os 5,50 metros nos próximos dias, o que representaria um novo recorde desde os 5,33 metros registrados no último dia 6 pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sema) do estado e pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB). As autoridades de Porto Alegre reforçam o apelo para que os moradores que estão fora da capital não voltem para casa por conta dos riscos de enchentes.

Em coletiva nesta tarde, o diretor-geral do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), Mauricio Loss, não quis estimar quanto tempo será necessário para que as águas baixem totalmente. “Diversos fatores influenciam no tempo de escoamento da água, estamos sujeitos a diversas intempéries, não tem como prever”, disse.

Continua após a publicidade

Barragens em estado de emergência

Também de acordo com a Defesa Civil, o estado tem duas barragens em risco de ruptura iminente, segundo monitoramento realizado pela Sema e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). São elas: Salto Forqueta, em São José do Herval/Putinga, e Santa Lúcia, também em Putinga.

Outras cinco barragens encontram-se em estado de alerta – quando o rompimento não é iminente, mas há necessidade de manutenção urgente -, localizadas nos municípios de Cachoeira do Sul, Bento Gonçalves, São Martinho da Serra, Cotiporã e Nova Palma.

Novo corredor humanitário

A prefeitura de Porto Alegre informou, ainda, que um segundo corredor humanitário está em construção na capital para auxiliar a passagem de veículos de resgate e ajuda humanitária, incluindo ambulâncias, viaturas e caminhões com suprimentos. A primeira travessia do tipo foi aberta na última sexta-feira, 10, e recebeu a passagem de aproximadamente 2.400 veículos de emergência.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.