Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deputado estadual mais votado do Novo em todo o país deixa o partido

Parlamentar foi para o Podemos, onde tentará vaga na Câmara dos Deputados

Por Diogo Magri 29 mar 2022, 16h49

Deputado estadual mais bem votado do partido Novo nas eleições de 2018, Daniel José deixou a legenda nesta semana, a última da janela partidária. O parlamentar está se filiando ao Podemos, por onde deve concorrer a deputado federal em São Paulo em outubro.

Segundo membros do partido, Daniel José optou pela mudança por estar insatisfeito com os caminhos que a legenda vem tomando recentemente. Ele faz parte do grupo de aliados do ex-presidente da sigla João Amoêdo, escanteado pela atual gestão do Novo. Essa corrente ligada a Amoêdo não concorda com a flexibilização de algumas regras que balizaram a criação do Novo e que tinham como objetivo combater velhas práticas políticas. No início do mês, reportagem de VEJA mostrou como a sigla tem enfrentado desavenças internas que podem minar a promessa original de um jeito diferente de fazer política.

Daniel José recebeu 180 mil votos em 2018, quando foi o deputado estadual mais bem votado do Novo no país. O caminho que ele faz é parecido com o de Heni Ozi Cukier, deputado estadual eleito pelo Novo que também foi para o Podemos, mas para concorrer a uma vaga no Senado.

Os conflitos internos, ao que tudo indica, não provocarão uma debandada da bancada federal do Novo. Entre os oito atuais deputados federais do partido, cinco devem concorrer à reeleição pela mesma legenda: Marcel van Hattem (RS), Lucas Gonzalez (MG), Adriana Ventura (SP), Alexis Fonteyne (SP) e Gilson Marques (SC). Vinícius Poit deve tentar o governo de São Paulo, e Paulo Ganime fará o mesmo no Rio de Janeiro. Por fim, Tiago Mitraud deve voltar à iniciativa privada ao fim do seu mandato, mas continuará afiliado ao Novo.

Procurado pela reportagem, o Novo disse, por meio da assessoria, que não irá se manifestar sobre o assunto.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)