Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse e Diogo Magri. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Como o ‘fantasma’ de Bebianno ainda assusta Bolsonaro

Nome do ex-secretário-geral da Presidência volta a ser citado em acusação envolvendo o presidente

Por Da Redação Atualizado em 26 jan 2022, 10h33 - Publicado em 25 jan 2022, 12h30

Gustavo Bebianno foi um dos homens mais importantes na campanha vitoriosa de Jair Bolsonaro em 2018. Com a eleição, assumiu a Secretaria-Geral da Presidência da República, posto que ocupou por pouquíssimo tempo, até fevereiro daquele ano, quando rompeu com o presidente. Na sua queda, que começou com a descoberta de um “laranjal” envolvendo o PSL, partido do qual era vice-presidente, teve papel decisivo o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), com quem o ministro se desentendeu.

Desde então, circula nos bastidores políticos a informação de que Bebianno teria deixado no exterior um celular cujo conteúdo poderia incriminar o presidente. À Polícia Federal a viúva do ex-ministro, Renata Bebianno, disse que destruiu o aparelho.

Em outubro de 2021, o empresário Paulo Marinho, que cedeu a casa onde operou o QG da campanha de Bolsonaro, relembrou Bebianno ao mandar um recado para Bolsonaro após o presidente ter se desentendido com o seu filho, André Marinho, em um programa da Jovem Pan. “Você lembra do nosso amigo Gustavo Bebianno? Talvez você já tenha esquecido dele. Com certeza, já esqueceu. Mas ele não lhe esqueceu. Quando você estiver chorando no banheiro do palácio lembre dele, capitão”, disparou.

Agora, Marinho voltou à carga após o ex-assessor de Bolsonaro Waldyr Ferraz, conhecido como Jacaré, ter dito em entrevista exclusiva a VEJA que Bebianno estava por trás de um plano para assassinar o então candidato a presidente. “A verdade: o vagabundo do presidente pediu para que Gustavo contratasse Jacaré na folha do PSL recebendo R$ 20k. Bebianno negou mais essa rachadinha”, escreveu.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês