Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Bolsonaro chama apoiadores para ato mesmo após PF cancelar depoimento

Oitiva estava marcada para esta quarta-feira, 7, em São Sebastião (SP); investigação apura 'importunação' de baleia jubarte

Por Laísa Dall'Agnol Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 6 fev 2024, 19h50 - Publicado em 6 fev 2024, 16h20

O ex-presidente Jair Bolsonaro decidiu manter o ato marcado para esta quarta-feira, 7, em São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo.

Nesta terça, 6, ele publicou um vídeo em suas redes sociais chamando apoiadores para o encontro. “Vocês sabem que a PF havia marcado para amanhã o meu depoimento nesta cidade. Não sei por que, resolveram adiar, inclusive para outro local. Mas como muita gente já havia se manifestado que gostaria de comparecer (…), resolvi manter esse compromisso”, afirmou na postagem. O encontro, segundo o ex-presidente, será às 15h na Rua da Praia.

Na ocasião, Bolsonaro prestaria depoimento à Polícia Federal na investigação que apura a importunação a uma baleia jubarte na região. Após o ex-presidente conclamar seguidores para protestar em frente à instituição e reunir o apoio de “milhares” deles, a própria PF decidiu adiar a oitiva para 27 de fevereiro e transferi-la para a capital paulista.

View this post on Instagram

A post shared by Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro)

Atos com apoiadores têm sido comuns — e bastante populares — na agenda de Bolsonaro. Nas últimas semanas, ele arrastou dezenas de eufóricos admiradores em aparições em praias de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, e de São Miguel dos Milagres, em Alagoas, onde passou o réveillon ao lado do aliado Gilson Machado, ex-ministro do Turismo.

Continua após a publicidade

Baleia

Tanto Bolsonaro quanto seu advogado, Fabio Wajngarten, deverão ser ouvidos pela PF sobre suposto crime de “importunação intencional” de uma baleia jubarte. O inquérito foi aberto após a divulgação de imagens que mostram o ex-presidente pilotando um jet ski perto do animal, em junho de 2023.

A procuradora responsável pelo caso, Marília Soares Ferreira Iftim, diz que a moto aquática estava com o motor ligado a cerca de 15 metros do mamífero, que estava na superfície. O ex-presidente passou o feriado de Corpus Christi na região, onde se encontrou com o vereador Wagner Teixeira, que foi multado pelo Ibama por “desrespeito às regras de observação de baleias”.

No último dia 30, Wajngarten criticou a investigação e disse se tratar de perseguição política. “Por inúmeras vezes tive a felicidade e a sorte de avistar animais marinhos no Litoral Norte de SP. Nunca gerou nem notícia, nem intimação processual. Bastou o presidente Jair Bolsonaro visitar o nosso litoral que a perseguição política, jurídica e midiática viessem à tona”, disse. “Já passou da hora para que as autoridades tenham o mínimo grau de lucidez para que definitivamente ocupem seu tempo com o que de fato contribui para a melhora da sociedade”, concluiu. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.