Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Petistas comemoram desempenho e minimizam bate-boca com Padre Kelmon

Percepção da campanha é que o ex-presidente demonstrou energia e vigor durante discussões, sem deixar passar batida a maior das provocações da noite

Por Da Redação
Atualizado em 30 set 2022, 16h58 - Publicado em 30 set 2022, 12h55

Apesar de o ex-presidente ter sido alvo de todos os candidatos e ter perdido a paciência na discussão com o Padre Kelmon (PTB), aliados de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) avaliam que o ex-presidente saiu-se melhor no debate da Globo do que no confronto anterior, na Band (Lula faltou a um terceiro evento do tipo, realizado no SBT no último sábado, 24).

O advogado e coordenador do Prerrogativas, Marco Aurélio de Carvalho, que é ligado à campanha petista, entende que Lula demonstrou vigor, energia e disposição para debater as propostas do Brasil e que não pode ser responsabilizado pelo baixo nível que o debate atingiu em alguns momentos. “Isso dependia dos candidatos que tiveram a oportunidade de enfrentá-lo e preferiram discursos fáceis e palavras agressivas, na estratégia de desgastá-lo e evitar a vitória no primeiro turno”, diz ele.

“A percepção geral da campanha é que ficou claro que Lula está preparado para os desafios do Brasil. Ficou clara a contraposição de imagens entre um país agressivo e virulento, que temos hoje, e o que tínhamos e podemos voltar a ter”, completa Carvalho, comparando o presidenciável petista ao atual presidente, Jair Bolsonaro (PL). “O saldo final é parecido com o que tínhamos antes: estamos com chances reais de vencer no primeiro turno”, afirma.

Pelo menos em público, a campanha do petista não se incomodou com o ponto mais baixo da noite, quando Lula discutiu mais rispidamente com o Padre Kelmon. Naquela hora, o debate precisou ser interrompido pelo apresentador William Bonner. “Só defende a honra quem tem”, argumenta Carvalho. “Se não tivesse respondido à altura, hoje estariam falando que ele teve uma postura amedrontada e ele ficaria numa posição ruim diante da própria militância. Dizer que ele caiu numa armadilha é estupidez”, acha o advogado, contrariando a percepção geral sobre o episódio.

Com relação aos outros candidatos, o sentimento geral da campanha petista é que a senadora Simone Tebet (MBD) teria sido a “segunda colocada” — atrás, claro, de Lula, na visão do entorno do  ex-presidente. “O sentimento geral, além de que o joguinho de Bolsonaro com o padre não agradou, é que a Tebet terminará à frente de Ciro Gomes (PDT)“, diz Carvalho. “E a surpresa foi a péssima atuação do Felipe D’Ávila (Novo), que nos fez sentir saudades do João Amoêdo (candidato do Novo nas eleições de 2018). O Amoêdo não tinha voto, mas tinha dignidade. O D’Ávila não tem voto e, se tinha dignidade, a perdeu depois de servir de ‘escada’ para o Bolsonaro”, finaliza o advogado.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.