Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Advogados aliados de Lula levam a presidente da Fiesp temor por democracia

Representantes do Grupo Prerrogativas se encontraram com Josué Gomes da Silva na terça-feira e pediram auxílio da entidade na defesa do processo eleitoral

Por Reynaldo Turollo Jr.
24 jun 2022, 09h25

Representantes do Prerrogativas, grupo de advogados que se notabilizou pela militância anti-lavajatista e por organizar o jantar que selou a aproximação do pré-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com seu vice, Geraldo Alckmin (PSB), visitaram o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Josué Gomes da Silva, para externar preocupação com os ataques que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem feito contra o processo eleitoral. O encontro foi realizado no final da tarde de terça-feira, 21, na sede da Fiesp, na avenida Paulista, e terminou com um pedido para que a entidade, que reúne alguns dos principais empresários do país, auxilie na defesa das instituições democráticas.

Procurado pela reportagem, o coordenador do Prerrogativas, Marco Aurélio de Carvalho, confirmou a reunião e disse que ela foi “muito agradável”. “Nosso grupo tem muito carinho pelo Josué e celebrou a chegada dele à presidência da Fiesp”, afirmou o advogado, que estava acompanhado de Fabiano Silva dos Santos, coordenador-adjunto do Prerrogativas. Os advogados também falaram da apreensão do grupo com o crescimento da pobreza, retratado em estudos recentes sobre o avanço da fome.

Josué assumiu o comando da Fiesp no início do ano e tem evitado se envolver em assuntos de política partidária. Ele é filho de José Alencar (1931-2011), que foi vice-presidente de Lula por oito anos. A Fiesp prevê contribuir para o debate eleitoral apresentando em agosto, a todos os candidatos à Presidência, um conjunto de propostas para a economia do país. A mensagem passada na terça-feira é que o presidente da entidade já compartilha do sentimento de que é preciso preservar as instituições democráticas. Internamente, Josué é descrito como um “absoluto democrata”.

Apesar de os relatos darem conta de que a reunião não serviu para tratar de pedido de apoio a nenhum candidato específico, os representantes do Prerrogativas deixaram claro no encontro que, em sua visão, a única alternativa capaz de derrotar Bolsonaro, hoje, é Lula.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.