Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse e Diogo Magri. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O escolhido de Doria para chefiar a comunicação do presidenciável tucano

Governador de São Paulo já definiu também todos os outros nomes fundamentais de seu staff na corrida para tentar chegar ao Palácio do Planalto

Por Da Redação Atualizado em 26 jan 2022, 12h00 - Publicado em 26 jan 2022, 11h19

Enquanto está mergulhado em uma rotina de entrega de obras e visitas a cidades do interior, o governador de São Paulo, João Doria, vem montando a equipe que conduzirá a campanha presidencial do tucano, que começa em agosto. Nesta semana, ele definiu o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado,  como seu coordenador de comunicação na campanha. Ele se junta à equipe que tem Rodrigo Maia na coordenação do programa de governo, Antônio Imbassahy como coordenador político e Wilson Pedroso como coordenador-executivo, todos sob gerência do presidente do PSDB, Bruno Araújo, que é o coordenador-geral da campanha.

Um dos políticos mais promissores da nova geração, Machado, de 44 anos, cuja gestão municipal tem sido elogiada, conquistou de vez a confiança de Doria durante as prévias do partido para a Presidência. Além de ajudar a equipe a abrir portas em estados que majoritariamente apoiavam o adversário, Eduardo Leite, o prefeito de Jundiaí foi descrito como fundamental no momento mais agudo do processo, quando o sistema eletrônico de votação do partido apresentou falhas. Machado foi uma das pessoas que agiram para trazer outro sistema de votação e fez a articulação política para que o processo não fosse adiado.

O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, coordenador da comunicação de Doria
O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, coordenador da comunicação de Doria Reprodução/Facebook

Na campanha, terá a difícil missão de reverter o índice de rejeição de Doria junto ao eleitorado, motivo apontado como a causa para o tucano figurar ainda numa posição modesta nas pesquisas de intenção de voto lançadas neste ano.

Além do núcleo político, Doria também já tem quatro nomes de peso do mercado financeiro para seu núcleo econômico. O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles está trabalhando no projeto, em parceria com as economistas Ana Carla Abrão, Vanessa Canado e Zenia Latif.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês