Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Letra de Médico Por Cilene Pereira Orientações médicas e textos de saúde assinados por profissionais de primeira linha do Brasil

Que tal um robô para operar seu joelho?

O planejamento robótico assegura maior segurança e orienta o cirurgião para o melhor posicionamento da prótese

Por Moisés Cohen 27 jun 2022, 16h19

A Ortopedia desenvolveu-se por uma necessidade de corrigir deformidades, restabelecer função e aliviar a dor. Desde os primórdios da civilização se tem registro de fosseis com fraturas consolidadas e alinhadas. Passando pelo Egito de 2830 A.C., foram encontradas múmias com imobilizações de bambu e próteses detalhadamente esculpidas em madeira. Mas, infelizmente, foi durante as guerras que a ortopedia se desenvolveu mais intensamente com a criação de hastes, placas,  próteses, para que os soldados feridos voltassem mais rapidamente ao campo de batalha. De forma meteórica e numa velocidade exponencial, a tecnologia vem ocupando um papel importante na medicina. Na ortopedia não poderia ser diferente.

Há pouco mais de um ano, o ortopedista passou a contar com um auxiliar na sala cirúrgica para completar sua equipe, o robô. Além da habilidade manual, o ortopedista necessita ter excelente capacidade de orientação espacial tridimensional para conseguir o melhor alinhamento e posicionamento de ossos e implantes e, nesse quesito, o robô exerce importante papel. O robô é uma ferramenta que apresenta uma plataforma digital na qual fazemos os registros de dados do paciente por meio de radiografias digitais ou tomografias computadorizadas e interagimos com o robô para que seus braços articulados possam nos conduzir de forma precisa a alcançar na prática exatamente o que planejamos na plataforma robótica.

O robô não funciona de forma autônoma. Todos os movimentos realizados por ele na verdade são planejados pelo cirurgião. O robô nunca toma decisões próprias nem executa comandos que não tenham sido ordenados pelo cirurgião. O planejamento robótico nos dá maior segurança e nos orienta para o melhor posicionamento da prótese, nos aproximando o mais possível de um joelho natural.

A cirurgia robótica nos permite obter maior precisão no posicionamento dos implantes com uma maior previsibilidade do resultado. Embora o tempo cirúrgico seja aumentado, os trabalhos mostram que ao final da curva de aprendizado, isso não leva a maiores comorbidades ou complicações

O robô nos permite uma cirurgia menos invasiva do que a convencional, com menor sangramento, menos consumo de analgésicos no pós-operatório e consequentemente recuperação mais rápida e alta hospitalar mais precoce.

Há muito ainda para evoluir nessa tecnologia, mas não há nenhuma previsão de que o robô possa vir a substituir o cirurgião. Pelo contrário, ele deverá ser cada vez mais exigente em busca de melhores resultados, que virão a partir da maior precisão dada pelo robô em beneficio daqueles que venham a se submeter à cirurgia de prótese de joelho, quadril e certamente outras articulações num futuro breve.

Letra de Médico - Moisés Cohen
./.
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)