Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

O show da CPI: “V. Excia. é um oportunista pequeno, sorrateiro”

O debate tem sido instrutivo, principalmente, sobre a dificuldade da bancada governista em defender o governo, que perdeu o controle da gestão da pandemia

Por José Casado Atualizado em 27 Maio 2021, 03h00 - Publicado em 27 Maio 2021, 09h45

O debate na CPI da Pandemia tem sido instrutivo em muita coisa. Principalmente, sobre a dificuldade da bancada governista em defender o governo Jair Bolsonaro, que perdeu o controle da maior crise sanitária do século.

Um dos mais persistentes, raramente bem sucedido, é o senador Eduardo Girão, do Podemos do Ceará. Ontem, em reunião reservada houve acordo para não convocar prefeitos. Na sessão aberta ao público, ele surpreendeu ao tentar retomar a discussão:

— Não concordei com o acordo de não olhar para prefeitos…

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM) ficou impaciente: – Senador, o seu pedido está indeferido.

– Tá, mas o senhor…

– Não precisa me explicar nada mais não — cortou Aziz. — A sua questão está indeferida.

Quinze minutos depois, Girão voltou ao tema, em tom de desafio: – E os prefeitos, senador Omar Aziz? Como é que não vamos ouvir mesmo os prefeitos de capitais?

Aziz retrucou: – Olha, senador Eduardo Girão, vossa excelência é um oportunista. E oportunista pequeno. Vossa excelência estava lá, escutou o que nós acordamos…

Girão persistiu: – Eu não fiz esse acordo.

Aziz reagiu: — Desde o primeiro momento, toda a sociedade brasileira, que tem inteligência, sabe que vossa excelência está aqui com um único objetivo: é que a gente não investigue por que a gente não comprou vacina. E vossa excelência, que não entende patavina de saúde, quer impor a cloroquina na cabeça da população. Vossa excelência, repito, é um oportunista. É oportunista, porque lá…

Continua após a publicidade

O líder do governo, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) tentou intervir: — Calma, presidente!

– Não. Calma, não — continuou Aziz, voltando-se para Girão: – Veja bem, a coisa que eu mais repeti lá [na reunião reservada] foi: ‘O senador Eduardo Girão depois vai querer tirar proveito disso’.

Se voltou para o líder do governo: — Falei ou não falei isso?

Girão: – Eu respeito o senhor, eu respeito o senhor. Agora…

Aziz: – Vossa excelência não respeita ninguém. Age sorrateiramente. Vossa excelência não respeita ninguém.

Girão: – O senhor está sendo pressionado pela população brasileira, que quer toda a verdade. O senhor só quer uma parte da verdade.

Aziz: – Vossa excelência não quer verdade. Volto a repetir é um oportunista…

Girão: – O senhor está nessa presidência, eu sou…

Aziz: – Vossa excelência não me diga que é meu amigo, porque não é meu amigo, não. Vossa excelência é sorrateiro.

Girão recolheu-se em lamento: – Eu queria fazer uma coisa justa, independente. Eu não quero imunizar ninguém! Não quero imunizar ninguém!

E a sessão da CPI seguiu em clima de tumulto no recinto, como costumam registrar os taquígrafos do Congresso.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)