Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

“Nenhum estrangeiro vai investir se o Estado dá uma ‘tungada’ nele”

Frase

Por José Casado Atualizado em 14 abr 2022, 13h24 - Publicado em 14 abr 2022, 13h00

“O Brasil é um país pobre e a Petrobras é uma empresa rica, grande, que tem um faturamento enorme, tem operações no Brasil inteiro. É a maior empresa do hemisfério sul. As pessoas querem tirar benefícios da Petrobras. Não é só na política de preços, é indicando pessoas para posições-chave, é tentando que a empresa faça gastos de propaganda nos veículos que apoiam o governo, é tentar que investimentos na área social sejam feitos próximos de políticos que podem se beneficiar. Tem muitos lugares onde uma influência exercida tem impacto grande. A Petrobras é uma ‘vaca leiteira’ que todo mundo quer tirar o leite dela e levar para sua própria casa. (…) A cultura no Brasil é de que as empresas são más. Não temos cultura de respeito e admiração por empresas e empresários. Se pensa: “Se está lucrando, é porque alguém está sofrendo, alguém está sendo espoliado.” E não é isso. No mundo capitalista, o lucro é um sinal de sucesso de um negócio, sinal de que alguém está querendo seu produto e de que você consegue entregar aquele produto por um preço eficiente, razoável, por um custo razoável, e o lucro é a sustentabilidade do negócio. Os políticos no Brasil, toscos, mal-intencionados ou desinformados, acabam usando esse imaginário de que o lucro é um coisa ruim, quando é o contrário (…) Empresas darem lucro é uma regra primordial do capitalismo, do ambiente de negócios. Nenhum estrangeiro vai investir no Brasil se o Estado brasileiro, quando consegue o objetivo a que se propôs, vai lá e dá uma ‘tungada’ nele [no investidor]. Por isso temos baixo nível de investimentos no Brasil.  Quem investe nas ações da Petrobras é o aposentado do Banco do Brasil, é o aposentado da Caixa, é pessoa física, não são pessoas milionárias em Nova York. A Petrobras tem mais de um milhão de investidores pequenos, que colocam ali a poupança buscando como se fosse um aluguel de um apartamento, só que está buscando o dividendo da Petrobras.”

(Marcelo Mesquita, economista e sócio da Leblon Equities, a Gabriela Ruddy e Francisco Góes, do Valor. Mesquita foi reeleito representante dos acionistas minoritários no Conselho de Administração da Petrobras, onde é o mais antigo integrante.)

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)