Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Felipe Moura Brasil

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".
Continua após publicidade

Vídeo: Lula é desmascarado por Onyx Lorenzoni. “Seu único projeto é o famigerado Foro de São Paulo”

Assista ao vídeo em que o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) desmascara Luiz Inácio Lula da Silva. Transcrevo abaixo. “Nos últimos dias, muito se comenta no Brasil de uma fala recente do ex-presidente Lula, do desagravo da bancada lulista lá no Senado Federal, e é sobre isso que eu quero falar hoje. A diferença entre oportunidade e oportunismo […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 5 jun 2024, 00h53 - Publicado em 24 jun 2015, 19h03

Assista ao vídeo em que o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) desmascara Luiz Inácio Lula da Silva. Transcrevo abaixo.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=LIwU0FfQuPo?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=620&h=349%5D

“Nos últimos dias, muito se comenta no Brasil de uma fala recente do ex-presidente Lula, do desagravo da bancada lulista lá no Senado Federal, e é sobre isso que eu quero falar hoje.

A diferença entre oportunidade e oportunismo está na intenção. E por que é que eu estou falando isso?

Eu quero registrar aqui aquela frase dita por Lula: ‘Temos que definir se queremos salvar a nossa pele e nossos cargos, ou se queremos salvar o nosso projeto de poder.”

Continua após a publicidade

Presidente, isto não é fala, isto é ato-falho. A psiquiatria explica. E por que isso?

Porque Lula diz muito da situação em que o Brasil está ao exprimir este conceito.

Lula foi o homem, presidente, que teve a oportunidade de ser um grande estadista: apoio popular, apoio no Congresso, a imprensa do lado. Hoje está sendo desnudado como o maior oportunista da história política brasileira. ‘Queremos salvar o nosso projeto’, diz Lula, deputado Raimundo.

Ele não fala do Brasil, dos brasileiros, Lula fala do projeto deles. Deles quem?

Continua após a publicidade

Do PT, da companheirada, do Foro de São Paulo.

As dificuldades que os brasileiros vivem hoje: a energia a um valor insustentável, a gasolina pela hora da morte, e a cada vez que o trabalhador vai ao mercadinho, lá na vila como se diz na minha terra, no Rio Grande [do Sul], aquele dinheiro compra cada vez menos comida, cada vez menos remédio, cada vez menos para os brasileiros.

Para Lula, sempre foram mais importantes os seus interesses pessoais. Parece que o umbigo de Lula é o umbigo do Brasil e do mundo.

Seu único projeto é o famigerado Foro de São Paulo, que reuniu as esquerdas da América Latina e tinha um único fruto a ser perseguido: o poder a qualquer preço e a qualquer custo na América Latina. E Lula seguiu à risca aquilo que combinou com seu amado líder Fidel Castro.

Continua após a publicidade

Recebeu o Brasil com estabilidade econômica, com o final da inflação, e Lula perdeu a chance de transformar o Brasil, porque ele nunca quis transformar o país em um país melhor. Como todo oportunista, Lula aproveitou-se da estabilidade para montar no Brasil um projeto corrupto sem precedentes: José Dirceu, o grande chefe da Casa Civil; [José] Genoino; Delúbio [Soares], todos condenados na ação penal 470.

Quando poderia se imaginar que aprenderam com o mensalão, não. Vem a Lava Jato.

E a Lava Jato mostra que, quanto mais se investiga, mais se encontram os tentáculos do lulopetismo por tudo quanto é parte: roubando, aviltando, traficando influência e obtendo dinheiro aqui e lá fora.

Que Lula agiu como traficante de influência, não tenho a menor dúvida. O que resta esclarecer é se ele traficou e trafica influência depois de ser presidente da República ou se o fazia quando estava no posto de presidente,

Continua após a publicidade

O que é certo é que Lula nunca foi estadista. E estadista, presidente, nós podemos lembrar de JK, que enxergou o Brasil além do seu tempo, além dos seus interesses. Quem olha o Centro-Oeste hoje, entende Brasília, entende o Brasil e compreende o estadista JK.

As novas descobertas da Lava Jato vão terminar de expor quem Lula realmente é.

Ficará evidente a oportunidade perdida de transformar o Brasil. Mas o Brasil vai construir um novo futuro, sem projetos pessoais, que só fizeram mal ao nosso país.

Porque os brasileiros e brasileiras, os verdadeiros donos do nosso país, aqueles que nunca desistem, presidente, vão encontrar um novo caminho para o Brasil.

Continua após a publicidade

E eu quero dar um recado final ao senhor Luiz Inácio Lula da Silva.

Senhor Lula, que o destino do Brasil, do nosso amado Brasil, passe muito longe do senhor. O Brasil não precisa do seu oportunismo, muito menos do seu falido projeto de poder. O seu destino pode ser talvez a cadeia.

Ou então vá pra Cuba! Se junta com seu ditador favorito. Lá tem bons [charutos] cohibas, a imprensa é amordaçada, como ditadores e oportunistas como o senhor gostam. E muito provavelmente devem ter muitos dólares à disposição para o seu deleite final.

Pelo menos uma vez na vida, Lula, faça algo produtivo: deixa o Brasil em paz para que os brasileiros possam construir um futuro melhor, mais digno, verdadeiramente para todos.”

Felipe Moura Brasil ⎯ https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.