Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Felipe Moura Brasil

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".
Continua após publicidade

Prevenção contra terror exige descontaminação ideológica

Ou o Ocidente toma jeito, ou terá de proibir os caminhões. Veja resumão

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 4 jun 2024, 22h30 - Publicado em 15 jul 2016, 04h41

Tuitadas noturnas sobre o massacre em Nice, no Sul da França, durante as comemorações do feriado nacional de 14 de julho, Dia da Bastilha:

– Notícia correta: Terrorista acelera caminhão sobre multidão, mata ao menos 80 pessoas e deixa dezenas de feridos.

– Rio 2016 tem de espalhar barreiras impedindo trânsito de veículos perto de multidões, coisa que França do socialista Hollande não fez.

– Obrigado aos que estão divulgando o que avisei em SETEMBRO DE 2015 sobre o terror na Europa. DEZ MESES DEPOIS, muitos ainda não aprenderam.

– Sobre terror na Europa, eis um vídeo meu de janeiro de 2016, que inclui gravações de 2015 e análises anteriores:

Continua após a publicidade

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=VT0zE0DUXWc?feature=oembed&w=500&h=281%5D

– Com imprensa atribuindo ataque ao caminhão, como faz com armas, proibição do porte de caminhões pode mesmo avançar.

Captura de Tela 2016-07-14 às 23.08.37

(Um suposto jornalista me chamou de “cretino” no Twitter, acusando-me de tentar ser “engraçadinho numa hora dessas.)

Continua após a publicidade

– Confusão militante de categorias: afetar indignação contra crítica à cobertura de massacres, como se fosse desrespeito às vítimas inocentes.

– Piada com desgraça alheia é o que faz imprensa culpando caminhão. Confundir tragicomédia real com quem a descreve é próprio de militante.

caminhao 2

– Tática de militantes de esquerda é acusar de insensíveis as pessoas que, justamente por sensibilidade, avisaram dos perigos de suas ideias.

Continua após a publicidade

– Leitora Priscilla: “você avisa que vai dar m*, aí dá m* e as pessoas ao invés de analisarem os fatos, xingam você porque alertou!”

– Escrevi justamente isto em agosto de 2014:

vai dar merda post 2014

– Desrespeito às vítimas inocentes de massacres presentes, passados e futuros é culpar armas usadas por terroristas. Isto começa na linguagem.

Continua após a publicidade

– 11 de setembro foi realizado com aviões sequestrados por terroristas usando estiletes. Contra israelenses, também usam facas. Em Nice, caminhão.

– Se terroristas usam caminhão, aviões, facas e estiletes, por que esquerda só quer banir armas de fogo? Precisa do resto para viajar e cortar comida?

caminhao– Andrew Klavan parafraseia Obama e Hillary Clinton sobre muçulmanos: “Lembre-se: a maioria dos caminhões é pacífica.”

Hillary Islam

Continua após a publicidade

– Terrorista com fuzil e pistola em Orlando matou 49 pessoas. Com caminhão em Nice, ao menos 80. Com aviões, milhares. Armas são sempre piores?

– Em suma: Terrorista de Nice atropelou ideias de esquerda junto com vítimas inocentes. Este blog lamenta profundamente a morte das segundas.

boneca nice

Felipe Moura Brasil ⎯ https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e no Youtube.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.