Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Os pobres são os que mais sentem a piora da situação econômica com Dilma e os que mais rejeitam Haddad

O Datafolha não revelou apenas que Dilma Rousseff é reprovada por 65% dos brasileiros, o mesmo índice pré-impeachment de Fernando Collor de Mello, em setembro de 1992. Com base na mesma pesquisa, a coluna Painel, da Folha, informou hoje também: “Os segmentos de renda mais baixa são os que mais reclamam que sua situação econômica piorou […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h06 - Publicado em 22 jun 2015, 21h47

dilma-haddad-lulaO Datafolha não revelou apenas que Dilma Rousseff é reprovada por 65% dos brasileiros, o mesmo índice pré-impeachment de Fernando Collor de Mello, em setembro de 1992.

Com base na mesma pesquisa, a coluna Painel, da Folha, informou hoje também:

“Os segmentos de renda mais baixa são os que mais reclamam que sua situação econômica piorou nos últimos meses: o índice é de 55% entre quem ganha até 2 salários mínimos por mês.

Na classe média, de 2 a 5 salários mínimos, a taxa de quem sentiu a piora na pele é de 51%. Entre os mais ricos, tradicionalmente refratários a Dilma, o percentual cai para 41%.”

Como nós, “coxinhas”, dizemos há muito tempo:

a) Os pobres são os que mais sofrem com a crise.

b) O PT é o partido dos ricos. (Especialmente daqueles que, como Eike Batista e Marcelo Odebrecht, contam com fortunas do BNDES petista para suas empresas.)

Continua após a publicidade

Veja o curioso caso do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, do PT.

Embora atribua aos ricos a sua reprovação, ele é mais reprovado pelos pobres.

Nas classes A e B, o prefeito é rejeitado por 69% dos paulistanos.

Nas classes D e E, esse índice sobe para mais de 74%, segundo uma pesquisa do Instituto Paraná.

Os pobres, em suma, estão insatisfeitos com os resultados do PT. Os pobres deveriam ouvir mais os “coxinhas”.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês