Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

O terror da linguagem: ataques verdadeiros e falsas agressões

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 02h37 - Publicado em 19 nov 2014, 13h54

Captura de Tela 2014-11-19 às 12.48.01

Tuitadas do dia:

1.

– Guga Noblat foi EMPURRADO por manifestante adolescente que ele ridicularizou. UOL diz que ele foi AGREDIDO para parecer que levou uma surra.

– Mudar verbo específico (EMPURRAR) por genérico (AGREDIR) para aumentar impressão de violência é imprecisão voluntária de repórter militante.

– Manchete do UOL soma 2 trapaças: 1) “Guga Noblat é agredido”: foi empurrado. 2) “durante protesto em prol da ditadura”: não. Do impeachment.

Israel sinagoga atacada2.

Ataque palestino mata 5, fere 6; e Helena Celestino quer Israel transigente, tolerante, sem ‘atos de vingança’ nem ‘represálias terríveis’.

– Chamar reação a ataques terroristas de ‘atos de vingança’ para transmutar o dever de Estado em descontrole sentimental é coisa de militante.

Continua após a publicidade

– “’Morte aos árabes’. Este era o grito de guerra dos ultradireitistas em Israel”. Celestino pinça lá o grito radical, como imprensa faz aqui.

– Dilma quis diálogo dos EUA com terroristas do Estado Islâmico. Helena Celestino, do Globo, quer diálogo de Israel com terror palestino.

[Recordar é viver: Já contaram para o Conti? Autoridade do Hamas admite que grupo sequestrou os três jovens de Israel. Avisem a Helena Celestino e Janio de Freitas também, ok?]

****

Outras notas:

Captura de Tela 2014-11-19 às 13.57.44 Captura de Tela 2014-11-19 às 13.55.41 Captura de Tela 2014-11-19 às 13.55.31

Sobre o post: New York Times considera “genial” livro de Diogo Mainardi, enquanto militância petista o ataca no Brasil:

Mainardi

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook, no Twitter e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)