Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Geraldo Alckmin ajuda Dilma Rousseff a assassinar o Brasil

O plano assassino de Dilma Rousseff e Geraldo Alckmin para impedir a redução da maioridade penal contra a vontade de 87% dos brasileiros já está em fase de ação e exemplifica pela enésima vez a cumplicidade do PSDB com o PT, ambos partidos de esquerda. Em nome de Dilma, o ministro da Justiça (do Foro de São Paulo), José Eduardo […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h12 - Publicado em 9 jun 2015, 13h11

Dilma AlckminO plano assassino de Dilma Rousseff e Geraldo Alckmin para impedir a redução da maioridade penal contra a vontade de 87% dos brasileiros já está em fase de ação e exemplifica pela enésima vez a cumplicidade do PSDB com o PT, ambos partidos de esquerda.

Em nome de Dilma, o ministro da Justiça (do Foro de São Paulo), José Eduardo Cardozo, conversa hoje com o governador de SP sobre uma “ideia alternativa” ou, segundo Edinho Silva, “uma saída que seja efetiva”, mas que rigorosamente nada adianta:

Em vez de mandar prender os criminosos, a dupla pretende apenas aumentar o teto de internação para 8 anos.

tempos venho dizendo que nem o teto atual de três anos é cumprido, já que psicólogos, assistentes sociais e demais “especialistas” que integram o sistema socioeducativo são contra internações máximas e costumam soltar bandidos em até nove meses, quando muito.

Há anos também venho dizendo, como aliás no mês passado, que a deformação moral começou na linguagem, quando a turma dos “direitos humanos” passou a chamar bandidos sub-18 de “adolescentes infratores”, como se crimes como roubos, estupros e assassinatos equivalessem a infrações de trânsito, como esquecer em casa a carteira de motorista.

E o que dizer ainda do artigo 45, §2º, da Lei Federal 12.594/12 (Lei do Sistema Nacional Socioeducativo-SINASE)?

§ 2º. É vedado à autoridade judiciária aplicar nova medida de internação, por atos infracionais praticados anteriormente, a adolescente que já tenha concluído cumprimento de medida socioeducativa dessa natureza, ou que tenha sido transferido para cumprimento de medida menos rigorosa, sendo tais atos absorvidos por aqueles aos quais se impôs a medida socioeducativa extrema.

Continua após a publicidade

Em outras palavras: a lei impede nova internação por fato anterior à internação mais recente.

Um bandido menor de idade que seja pego em flagrante por um mero assalto, por exemplo, e cumpra a internação correspondente, não será internado por conta de um homicídio cometido antes do assalto, ainda que a polícia reúna provas e ele próprio confesse o crime.

Ao ignorar tudo isso e mais um pouco, Geraldo Alckmin ajuda Dilma Rousseff a ludibriar com malabarismos verbais e manobras políticas a imensa maioria dos brasileiros que exige punição aos bandidos, e a prejudicar especialmente os mais pobres, desprovidos de meios proteção e blindagem contra os crimes de cada dia.

Geraldo Alckmin, em suma, ajuda Dilma Rousseff a assassinar o Brasil.

dilmalckmin

É a esquerda, cúmplice, unida contra os brasileiros

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade