Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Brasil 171 treme! Operação Lava Jato prende operador que pagou blog sujo petista, PT e José Dirceu

Foi preso na 13° fase da Operação Lava Jato o operador Milton Pascovitch, que pagava propinas em nome da Engevix. Este blog expôs seus pagamentos aqui, aqui e aqui, mas volta a fazê-lo com gosto, até porque muitos não estão associando o nome aos seus atos. 1) Partido dos Trabalhadores Em primeiro lugar, claro, a planilha de Pedro Barusco mostra o […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h20 - Publicado em 21 Maio 2015, 09h38

Foi preso na 13° fase da Operação Lava Jato o operador Milton Pascovitch, que pagava propinas em nome da Engevix.

Milton

Pascowitch, quando prestou depoimento à PF de SP em fevereiro deste ano (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)

Este blog expôs seus pagamentos aqui, aqui e aqui, mas volta a fazê-lo com gosto, até porque muitos não estão associando o nome aos seus atos.

1) Partido dos Trabalhadores

Em primeiro lugar, claro, a planilha de Pedro Barusco mostra o quanto Pascovitch pagou ao “Part”, quer dizer: ao PT.

Milton planilha

2) José Dirceu

Pascowitch pagou R$ 1,45 milhão à empresa de consultoria do ex-ministro da Casa Civil e mensaleiro José Dirceu.

Os pagamentos foram realizados em 2011 (R$ 300 mil) e em 2012 (R$ 1,1 milhão), através da Jamp Engenheiros Associados Ltda, empresa de Pascowitch.

3) Brasil 171

Pascowitch também pagou 120.000 reais à editora 247, que mantém o blog sujo petista Brasil 247, vulgo 171.

Continua após a publicidade

Com a quebra de sigilo da Jamp, o Ministério Público descobriu quatro pagamentos, de 30.000 reais cada um.

O dono da editora é o mesmo do site: Leonardo Attuch.

VEJA explicou em abril o rastro da propina e questionou Dilma Rousseff sobre os pagamentos a blogs sujos do PT:

“Milton Pascowitch foi contratado para fazer lobby junto à diretoria de Serviços da Petrobras e ao PT. O dinheiro da propina passava por ele e chegava até Pedro Barusco, que o repassava a Renato Duque. No Partido dos Trabalhadores, segundo as investigações, o dinheiro da propina pode ter chegado por meio da JD Consultoria, empresa do mensaleiro José Dirceu. Ao todo, a Engevix pagou cerca de 8 milhões de reais em propina.

Com a palavra a presidente Dilma, a quem se pergunta:

Por que, senhora presidente, donos de blogs governistas e a soldo do seu partido foram beneficiários de dinheiro de propina?“

Eu respondi na ocasião:

Porque a propaganda do PT é 100% 171.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)