Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Felipe Moura Brasil

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".
Continua após publicidade

Ao decretar prisão preventiva do comparsa de Lula em viagens, Moro lamenta que Odebrecht negue, negue, negue

No despacho de prisão preventiva contra Alexandrino Alencar, o comparsa de Lula em viagens ao exterior para lobby em favor da Odebrecht, o juiz Sérgio Moro criticou a postura da empreiteira e citou o depoimento de três colaboradores que assinaram acordo de delação premiada e relacionaram a empresa aos crimes investigados. A reação do juiz se deve […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 5 jun 2024, 00h52 - Publicado em 24 jun 2015, 20h56

No despacho de prisão preventiva contra Alexandrino Alencar, o comparsa de Lula em viagens ao exterior para lobby em favor da Odebrecht, o juiz Sérgio Moro criticou a postura da empreiteira e citou o depoimento de três colaboradores que assinaram acordo de delação premiada e relacionaram a empresa aos crimes investigados.

A reação do juiz se deve ao anúncio publicado pela Odebrecht nos principais jornais do país na terça-feira.

“A Odebrecht, com todos os seus amplos e bilionários recursos e com equivalente responsabilidade política e social, não tem qualquer intenção de reconhecer a sua responsabilidade pelos fatos, o que seria um passo necessário para afastar o risco de reiteração das práticas criminosas”.

Sérgio Moro disse que, “embora no comunicado negue a Odebrecht qualquer relação com depósitos ou com contas na Suíça, os colaboradores, pelo menos três deles, relacionaram, em depoimentos independentes, a empreiteira a eles, além de haver elementos circunstanciais, apontados pela autoridade policial, relacionando-a a eles”.

Em outras palavras: anda, Odebrecht, confessa logo.

Continua após a publicidade

Não me venha dizer que os delatores também usaram “termos técnicos”.

Fala Marcelo Globo

Fala, Marcelo!

Felipe Moura Brasil ⎯ https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.