Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Felipe Moura Brasil

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".
Continua após publicidade

A cueca da Odebrecht tem batom até na etiqueta

Começou a faltar espaço para batom na cueca da Odebrecht. Além do bilhete em que Marcelo ordena a destruição de um e-mail, o Estadão reproduziu os laudos da Polícia Federal (ver abaixo) com os pagamentos de propina da empreiteira. “São 24 registros de transações bancárias, entre 3 de abril de 2009 e 18 de maio 2012, […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 5 jun 2024, 00h54 - Publicado em 24 jun 2015, 15h26

cuecaComeçou a faltar espaço para batom na cueca da Odebrecht.

Além do bilhete em que Marcelo ordena a destruição de um e-mail, o Estadão reproduziu os laudos da Polícia Federal (ver abaixo) com os pagamentos de propina da empreiteira.

“São 24 registros de transações bancárias, entre 3 de abril de 2009 e 18 de maio 2012, descobertos a partir das confissões e documentos obtidos pela Operação Lava Jato.”

E isto é apenas uma fração dos R$ 500 milhões que a Odebrecht pode ter pago no esquema de cartel e corrupção da Petrobrás.

Continua após a publicidade

“O operador dessa lavanderia seria o doleiro Bernardo Freiburghaus – que mora na Suíça e é considerado foragido.”

Sergio Moro, na decisão que decretou as prisões dos executivos, escreveu a respeito de Bernardo:

“A constatação de que a Constructora Internacional Del Sur efetuou depósitos nas contas off-shore de, pelo menos, três dirigentes da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, Pedro Barusco e Renato Duque, permite concluir por sua ligação com o esquema criminoso de cartel e propinas que afetou a Petrobrás”.

Continua após a publicidade

Tem mais.

PanamaO Panamá também está investigando a Odebrecht, segundo o jornal e a própria imprensa panamenha.

A empreiteira é acusada de ter usado contas de uma empresa de fachada, sediada no país da América Central, para o pagamento de propina.

Continua após a publicidade

“Mas não são apenas eventuais contas da Odebrecht no país que serão examinadas. Em um comunicado, a Controladoria Geral da República informou que o contrato da linha 1 do Metro de Panamá será auditada a pedido da própria Secretaria do Metrô. A obra foi realizada pela Odebrecht e é suspeita de ter envolvido subornos”.

As obras do metrô panamenho foram financiadas pelo BNDES, por meio de seu programa de exportação de serviços.

O banco e a empreiteira podem ter sido parceiros também na modalidade olímpica de exportação de propinas.

Continua após a publicidade

A coisa está feia para os comparsas de Lula.

A cueca da Odebrecht tem batom até na etiqueta.

A propósito: “batom na cueca” é um termo técnico.

Continua após a publicidade

TABELA-VALORES-RASTREAIVEIS-1

TABELA-VALORES-RASTREAVEIS-2Felipe Moura Brasil ⎯ https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.