Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Felipe Moura Brasil

Por Blog
Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".
Continua após publicidade

6 provas de que Dilma acabou com o nosso dinheiro – e mais duas de que o PSDB quer ver o país sangrar

1) A economia brasileira terá seu pior desempenho em 25 anos, com uma queda do PIB de 1,2%, segundo relatório do banco HSBC. 2) O aumento de preços teve a maior variação desde maio de 2005: 7,9% em 12 meses encerrados em março – mês que teve 1,24%, segundo o IBGE. E o aumento de impostos tende a elevar ainda mais a […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h49 - Publicado em 20 mar 2015, 12h42

1) A economia brasileira terá seu pior desempenho em 25 anos, com uma queda do PIB de 1,2%, segundo relatório do banco HSBC.

2) O aumento de preços teve a maior variação desde maio de 2005: 7,9% em 12 meses encerrados em março – mês que teve 1,24%, segundo o IBGE. E o aumento de impostos tende a elevar ainda mais a inflação.

3) O New York Times descobriu a “economia em declínio” no governo de Dilma Rousseff, com recessão por dois anos seguidos, “pela primeira vez desde 1929″, além da queda brutal de popularidade e um “colossal escândalo de corrupção” na Petrobras.

4) O emprego na indústria brasileira teve queda de 0,1% em janeiro na comparação com dezembro de 2014 e de 4,1% em relação ao mesmo mês do ano passado. É o 40º recuo consecutivo na comparação anual.

Continua após a publicidade

5) Os grandes motores da economia — a Petrobras, a construção civil, as empreiteiras, as montadoras — tudo está parado, como observou VEJA Mercados e sabem os leitores deste blog.

6) O real se desvalorizou mais de 20% em apenas 40 dias. O dólar bateu a marca de R$ 3,30.

Para recuperar a confiança dos investidores no Brasil, há duas alternativas:

Continua após a publicidade

Renúncia ou impeachment.

Só a pressão pelo segundo – sempre dentro da lei – poderá levar à primeira.

Mas FHC continua dizendo por aí:

Continua após a publicidade

“O impeachment é como a bomba atômica, não serve para usar, só para intimidar.”

FHC é pior que a bomba atômica: não serve para usar, nem para intimidar.

Dilma-e-FHC1

Continua após a publicidade

Ele está mais para Marconi Perillo, o governador tucano que rasgou seda para Dilma em Goiânia, enquanto a polícia confiscava as panelas dos manifestantes fora do evento:

“Sou de um partido que faz oposição à senhora, mas eu, não. Ninguém nunca me ouviu, aqui em Goiás, dizer uma só palavra minha que não fosse de respeito e reconhecimento ao trabalho que vossa excelência fez pelo estado de Goiás”.

DilmaPerilloBetoBarataFolha

Continua após a publicidade

Como tuitei ontem (quinta, 18):

Captura de Tela 2015-03-20 às 11.31.11

Felipe Moura Brasil ⎯ https://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.