Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Em Cartaz Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Raquel Carneiro
Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca
Continua após publicidade

Cineasta que terá filme exibido em Cannes foge do Irã após condenação

O iraniano Mohammad Rasoulof foi sentenciado a oito anos de prisão sob a acusação de que seus filmes ameaçam a segurança nacional

Por Mariana Carneiro Atualizado em 13 Maio 2024, 17h48 - Publicado em 13 Maio 2024, 17h29

Nesta segunda-feira, 13, o diretor iraniano Mohammad Rasoulof anunciou que fugiu do Irã e está exilado na Europa após receber a sentença de oito anos de prisão em seu país natal. Selecionado para o Festival de Cannes com o longa The Seed of the Sacred Fig (“A Semente do Figo Sagrado”, em tradução livre), Rasoulof sofreu pressão de autoridades iranianas para retirar o filme da programação do evento, mas não acatou a ordem. Em consequência, o cineasta foi condenado pelo sistema judicial da República Islâmica por “conluio contra a segurança nacional”. Além dos anos de reclusão, a sentença ainda inclui chicotadas, multa e confisco de propriedades.

Rasoulof descreveu sua fuga em uma nota enviada à imprensa internacional: “Cheguei à Europa há poucos dias depois de uma viagem longa e complicada. Há cerca de um mês, os meus advogados informaram-me que a minha sentença de oito anos de prisão foi confirmada no tribunal e seria implementada num curto espaço de tempo”, diz o texto. “Não tive muito tempo para tomar uma decisão. Tive que escolher entre a prisão e deixar o Irã. Com o coração pesado, escolhi o exílio. A República Islâmica confiscou o meu passaporte em setembro de 2017. Por isso, tive que fugir secretamente”, continua.

No comunicado, Rasoulof também revelou que as autoridades iranianas convocaram e ameaçaram vários membros do elenco e da equipe de The Seed of the Sacred Fig, além de interrogar as famílias de pessoas envolvidas com a produção. “Eles tentaram convencer a equipe de filmagem de que não tinham conhecimento da história do filme e que haviam sido manipulados para participar do projeto”, escreveu. O longa polêmico segue a história fictícia de um juiz iraniano que luta contra a desconfiança e a paranoia à medida que protestos políticos se intensificam no país.

Rasoulof é conhecido por filmes como Lerd (2017), premiado em Cannes, Filho-Mãe (2019) e Não Há Mal Algum (2020). O diretor é parte de uma lista de outros profissionais do cinema que são perseguidos pelo governo iraniano. Em 2022, o aclamado Jafar Panahi, do premiado Táxi Teerã, foi preso após comparecer a uma audiência de Rasoulof, acusado de “propaganda contra o sistema”.

Continua após a publicidade

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.