Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Dúvidas Universais Por Duda Teixeira Os fatos internacionais que desafiam a lógica e o bom-senso explicados de maneira clara e atraente. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Por que os bebês finlandeses dormem do lado de fora no frio?

Nas sonecas durante o dia, os pequenos são deixados do lado de fora, qualquer que seja a temperatura

Por Duda Teixeira Atualizado em 28 set 2018, 15h57 - Publicado em 11 mar 2018, 18h37

Nas noites da Finlândia, os bebês dormem dentro de casa. Mas, durante o dia, quando eles pegam na soneca, seus pais os colocam do lado de fora, para pegar um ar fresco.

O que parece cruel é que eles fazem isso em qualquer época do ano, em temperaturas que podem chegar a 10 graus negativos.

Nas calçadas dos cafés, é comum ver os carrinhos fazendo fila enquanto os adultos se aquecem com café e chocolate quente do lado de dentro.

Em geral, os finlandeses acreditam que o ar puro é bom para os pequenos. Como não ficam fechados em quartos e salas com outras crianças, eles pegam menos gripes e resfriados. Os estudos científicos mostraram conclusões diversas sobre esse possível benefício para a saúde das crianças.

Mas é certo que, desde que os bebês estejam com roupas adequadas e em um saco de dormir reforçado, respirar o ar frio do exterior também não faz mal.

Outro costume interessante dos finlandeses é que todas as mães ganham uma caixa cheia de presentes quando um bebê nasce. A tradição foi iniciada em 1937 e era restrita às grávidas que compareciam aos centros de saúde e hospitais para fazer os exames de pré-natal. O incentivo ajudou a diminuir os índices de mortalidade infantil de 65 mortes em 1000 crianças para 2,5 mortes para 1000.

Continua após a publicidade

O objetivo, segundo as autoridades, é o de “oferecer um início de vida igualitário”. Eis uma filosofia muito comum nos países nórdicos.

Dentro da caixa, o governo coloca fraldas, termômetro, kit de banho, roupas, meias, lençol e gorro. Para as mães, vai creme para os mamilos e discos absorventes para sutiãs.

 

E o mais legal de tudo: a caixa pode ser usada como um pequeno berço até a criança atingir os seis meses de idade.

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês