Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Clarissa Oliveira Notas sobre política e economia. Análises, vídeos e informações exclusivas de bastidores

Sem alternativa, Bolsonaro joga Milton Ribeiro na fogueira

Presidente tenta dar crédito à PF pela descoberta do esquema montado por pastores evangélicos e revelado pela imprensa

Por Clarissa Oliveira Atualizado em 22 jun 2022, 11h33 - Publicado em 22 jun 2022, 11h19

Quando veio a público o escândalo estarrecedor de desvio de verbas no Ministério da Educação, o presidente Jair Bolsonaro bateu o pé. Acostumado a repetir o discurso cada vez mais vazio de que seu governo é livre de corrupção, o presidente chegou a dizer que colocaria “a cara no fogo” por Milton Ribeiro. Nas palavras dele, o que estava sendo feito com seu auxiliar era uma “covardia”.

+Leia mais: Ex-ministro de Bolsonaro é preso pela PF por corrupção no MEC

Essas falas foram feitas pelo presidente já com as denúncias sobre a farra dos pastores evangélicos no MEC mais do que expostas. O caso, revelado inicialmente pelo jornal O Estado de S. Paulo, ganhou uma projeção muito maior com uma gravação divulgada pela Folha de S. Paulo, na qual Milton Ribeiro dizia priorizar pedidos de um dos pastores a pedido do presidente da República.

Hoje, Bolsonaro jogou na fogueira o mesmo Milton Ribeiro por quem ele prometia colocar a cara no fogo. “Ele responda pelos atos dele”, disse, à Rádio Itatiaia. E encampou a tese de que, se ele foi preso, é porque a Polícia Federal está agindo. Uma suposta prova de que o presidente não interfere na PF.

Não, não é. Afinal, o esquema não foi desvendado pela Polícia Federal. Foi revelado pela imprensa. A mesma imprensa que Bolsonaro adora descreditar.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)