Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Clarissa Oliveira Notas sobre política e economia. Análises, vídeos e informações exclusivas de bastidores

Rogério Marinho: ‘Quem sofreu uma violência política foi Bolsonaro’

Ao Amarelas On Air, ex-ministro falou sobre assassinato de petista no Paraná e rechaçou tese de que pacote de benesses do presidente é inconstitucional

Por Clarissa Oliveira Atualizado em 13 jul 2022, 06h30 - Publicado em 12 jul 2022, 20h00

Pré-candidato ao Senado pelo Rio Grande do Norte, o ex-ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho  (PL) faz uma defesa enfática do presidente Jair Bolsonaro diante da repercussão provocada pelo assassinato de um dirigente do PT por um bolsonarista, ocorrido em Foz do Iguaçu (SP) no último fim de semana. Entrevistado desta semana do Amarelas On Air, programa de entrevistas de VEJA, Marinho minimizou os ataques do presidente à esquerda e rechaçou a tese de que suas declarações contribuem para incitar a violência.

“O presidente da República tem uma postura que desagrada ao politicamente correto, ele não tem filtro, ele fala o que pensa”, afirmou Marinho, acrescentando que Bolsonaro diz a “verdade”. Na mesma linha adotada pelo próprio presidente, Marinho minimizou a declaração feita por Bolsonaro de que é preciso “fuzilar a petralhada”.

“Nós sabemos e você sabe fazer o filtro, que isso é uma questão figurada e superlativa. É fuzilar no sentido de ganhar a eleição, de retirar as pessoas do governo, ele não falou no sentido de matar, de dizimar. Aliás, vou reiterar. Quem sofreu violência política foi o presidente, que foi esfaqueado”, afirmou, em referência ao crime de que Bolsonaro foi alvo durante a campanha de 2018.

Ainda em defesa do presidente, Marinho negou que a Proposta de Emenda à Constituição que foi batizada de “PEC Kamikaze” seja eleitoreira. Houve, segundo ele, uma demora do governo ampliar medidas sociais frente à crise. Sobre o temor da oposição sobre um possível impacto da PEC na eleição, Marinho provocou os adversários do presidente: “Se têm (medo), que votem contra. Que deixem de espernear e votem contra”.

Continua após a publicidade

Com apresentação desta colunista, o Amarelas On Air inspirou-se nas tradicionais Páginas Amarelas, que estampam a edição impressa de VEJA. A cada semana, o programa recebe um novo convidado, sempre um nome relevante da cena política e econômica. A entrevista é feita por uma bancada composta de jornalistas de VEJA e convidados. A entrevista com Marinho contou com as participações de Vanessa Di Sevo, coordenadora de Jornalismo da Rádio Novabrasil, e Victor Irajá, repórter de Economia de VEJA.

O Amarelas On Air é parte da estratégia digital de VEJA, que contempla a expansão da área de vídeo e de projetos multimídia. O programa estreou em setembro do ano passado e, desde então, recebeu grandes nomes da cena política e econômica do país. A entrevista está disponível no YouTube, Facebook e Twitter. Também ganhou versões para Instagram e LinkedIn.

Inscreva-se nos canais de VEJA nas redes sociais e fique por dentro de tudo sobre o programa.

YouTube: https://www.youtube.com/c/veja
Facebook: https://www.facebook.com/Veja/
Instagram: https://www.instagram.com/vejanoinsta/

Leia mais sobre o Amarelas On Air e sobre bastidores da política nacional em https://veja.abril.com.br/blog/clarissa-oliveira/

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)