Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Clarissa Oliveira Notas sobre política e economia. Análises, vídeos e informações exclusivas de bastidores

O que ainda empaca a troca no comando da comunicação de Lula

Decisão final sobre novo comando dessa área na campanha só deve ser tomada a partir da semana que vem, após lançamento oficial da campanha

Por Clarissa Oliveira Atualizado em 6 Maio 2022, 15h58 - Publicado em 6 Maio 2022, 14h22

Já se fala no assunto há semanas, mas até agora nada de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva oficializar a troca de comando na comunicação da campanha presidencial. Algumas conversas avançaram nesta semana, com o objetivo de bater o martelo na substituição de Franklin Martins. Mas quem acompanha o assunto de perto diz que ainda existem algumas pendências a serem resolvidas.

O nome de Edinho Silva está na boca do gol. Mas alguns setores da legenda ainda demonstram preocupação com a possibilidade de o ex-ministro de Dilma Rousseff se licenciar da Prefeitura de Araraquara. Acham que isso pode acabar servindo de munição para adversários. Lula indicou que quer mesmo o ex-chefe da Secom no posto.

A ideia de desfalcar a campanha de Fernando Haddad, na qual Edinho vinha coordenando o programa de governo, está mais que superada. O próprio ex-prefeito já declarou a quem quiser ouvir que a prioridade é a campanha de Lula. Além disso, já é certo que outros nomes fortes do time estadual, como Emidio de Souza, ficam onde estão.

Algumas ideias seguem sendo avaliadas, como uma espécie de coordenação compartilhada de comunicação. Edinho poderia dividir a tarefa com o atual secretário de Comunicação, Jilmar Tatto, ou com o ex-presidente do partido, Rui Falcão. Se tudo der errado, Falcão, que já fazia parte do comitê de campanha de Lula, deve ganhar força no grupo.

De qualquer forma, a avaliação é que o martelo só vai mesmo ser batido a partir da semana que vem, depois do lançamento oficial da campanha presidencial petista. Lula será estrela de um megaevento no sábado agora, em São Paulo. Só depois disso o time petista deve se reunir para acertar todas as pendências em relação a esse assunto.

+Leia também: Lula passa recibo e entrega munição de mão beijada ao bolsonarismo

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês