Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Clarissa Oliveira

Notas sobre política e economia. Análises, vídeos e informações exclusivas de bastidores
Continua após publicidade

Marcos do Val jogou por terra o esforço de blindagem de Jair Bolsonaro

Capa de VEJA desta semana dá materialidade à tese de que movimento golpista tinha no ex-presidente seu maior protagonista

Por Clarissa Oliveira Atualizado em 2 fev 2023, 17h51 - Publicado em 2 fev 2023, 15h42

As revelações feitas pela capa de VEJA desta semana ajudam a jogar por terra todo o esforço feito pelo presidente Jair Bolsonaro desde o ano passado, para se blindar do que todo mundo já diz há tempos nos corredores de Brasília. As mensagens reveladas pela revista envolvendo o senador Marcos do Val colocam o ex-presidente como protagonista de um movimento golpista, cujos desdobramentos vão desde a tentativa frustrada do PL de contestar o resultado das urnas até os atos violentos que depredaram a capital federal em 8 de janeiro.

+Leia também: Moraes autoriza PF a ouvir Marcos do Val sobre conspirata golpista

Diante da repercussão estrondosa do caso, Marcos do Val passou a falar em desabafo. Tentou mudar a versão e até recuou da decisão anunciada de renunciar ao mandato de senador. Mas chama a atenção o fato de o parlamentar dizer que a desistência de abrir mão do cargo ocorreu após apelos até mesmo dos filhos do ex-presidente, Flávio e Eduardo Bolsonaro.

A conclusão óbvia para bom entendedor é que o senador e o deputado tentam minimizar o estrago. Esperam trazer Marcos do Val de volta para o clube bolsonarista, quem sabe com uma filiação ao PL. Uma forma de tentar evitar que ainda mais faíscas atinjam o ex-presidente, que segue tentando se proteger nos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Fato é que as mensagens reveladas por VEJA dão materialidade ao que disse recentemente o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, em entrevista ao jornal O Globo: que não faltava gente no entorno do ex-presidente com uma minuta golpista em casa, como aquela encontrada na casa do ex-ministro da Justiça Anderson Torres. Deixando evidente que nem ele próprio, nem Bolsonaro agiram para estancar tais articulações.

+Leia também: Bolsonaro tem mais é que se preparar para a debandada

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.