Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

CannabiZ

Por André Sollitto e Ricardo Amorim
Novidades e reflexões sobre o mercado da cannabis legal, no Brasil e no mundo
Continua após publicidade

Cobrança de Anitta a Lula pode ajudar mercado de cannabis

Com seu poder de engajamento, a cantora pode acelerar as discussões sobre legalização e inserir o tema no debate público

Por André Sollitto Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 14 jul 2022, 12h20 - Publicado em 14 jul 2022, 12h17

Assim que declarou seu voto em Lula, a cantora Anitta começou a expor algumas das demandas ao candidato, começando pela legalização das drogas. A cobrança feita assim, logo de cara, pode até preocupar aliados do ex-presidente, que acreditam que isso fornece munição digital para os bolsonaristas nas redes sociais. Mas pode ter um impacto positivo para o mercado brasileiro de cannabis.

Mesmo que o ex-presidente não seja escolhido nas urnas – e nem teria poder para impor a legalização de forma unilateral, o debate já terá ganhado um novo peso. Já sabemos o poder que Anitta tem em mobilizar seus admiradores. Basta ver o impacto de seu engajamento para fazer com que jovens tirassem o título de eleitor. Outras celebridades e até atores de Hollywood, como Leonardo DiCaprio, aderiram ao movimento.

Aqui, no Brasil, a discussão sobre a legalização da cannabis não teve o mesmo empenho da sociedade, como aponta o historiador Jean Marcel Carvalho França, autor de “História da Maconha no Brasil”, do que em outros países. E o processo de legalização e de inserção do tema no debate público precisa acontecer de forma natural, e não ser algo imposto pelo governo.

Além de despertar o interesse, é preciso superar um estigma histórico que existe contra o consumo de cannabis. Isso já vem acontecendo de forma lenta e gradual à medida que mais estudos são divulgados e os benefícios medicinais da erva são comprovados pela ciência. A pressão de Anitta pode acelerar esse processo e impulsionar discussões importantes.

Continua após a publicidade

Confira a cobrança de Anitta, feita durante uma live na terça-feira (12)

“Será que o Lula apoia isso, apoia a legalização para nós? Estou te dando o maior apoio… Tinha que virar empresa que paga imposto, ao invés de deixar esse povo tudo rico aí, lavando dinheiro, sei lá como… Sou a favor de virar tudo empresa legalizada. Proibir as drogas não faz com que as pessoas parem de usar… E ao invés de estarem aí colaborando para essa guerra que só mata o pobre, que nada tem a ver com isso, só deixa rico povo que não paga imposto, que lava dinheiro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.