Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Um brinde ao jamaicano voador

Daqui a muitos anos, todos nos lembraremos do dia em que Usain Bolt, com 41 passadas na pista de Londres, estabeleceu um novo recorde olímpico na prova dos 100 metros rasos: 9seg63. Dez metros em menos de um segundo. Sobretudo para quem tem de suportar o Brasil da Era da Mediocridade, é reconfortante ver um […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 08h12 - Publicado em 5 ago 2012, 19h14

Daqui a muitos anos, todos nos lembraremos do dia em que Usain Bolt, com 41 passadas na pista de Londres, estabeleceu um novo recorde olímpico na prova dos 100 metros rasos: 9seg63. Dez metros em menos de um segundo. Sobretudo para quem tem de suportar o Brasil da Era da Mediocridade, é reconfortante ver um gênio em ação. Um brinde ao jamaicano voador.

Publicidade