Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Augusto Nunes

Por Coluna Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Reynaldo-BH e a mordida do pitbull: ‘Lula se deixa humilhar com cansativa constância’

REYNALDO ROCHA “Eu não sei morder canelas. Não acho apropriado para seres humanos.” (Fernando Henrique Cardoso) Poucas pessoas no mundo conseguem entender Lula. Suspeito que FHC é uma dessas raras figuras. Consegue enxergar o Lula real, o doente que precisa da comparação diária com qualquer outro que possa ser comparado. Ou seja, com todos. Lula […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 08h29 - Publicado em 29 jun 2012, 20h53

REYNALDO ROCHA

“Eu não sei morder canelas. Não acho apropriado para seres humanos.” (Fernando Henrique Cardoso)

Poucas pessoas no mundo conseguem entender Lula. Suspeito que FHC é uma dessas raras figuras. Consegue enxergar o Lula real, o doente que precisa da comparação diária com qualquer outro que possa ser comparado. Ou seja, com todos.

Lula tem uma fixação psicótica em FHC. É a luta insana de quem está em busca de ser quem não é. E jamais será. O rancoroso que é dominado pelo ódio. O apaixonado que não consegue alcançar o mesmo nível do objeto adorado. O invejoso que prefere incendiar a casa vizinha a cuidar da própria mansão.

Lula deixa-se humilhar e rasga a biografia com cansativa constância. Prefere aliar-se a Sarney, Collor e agora Maluf para obter palavras de aceitação. Mesmo que sejam somente proferidas por bocas de mascate de produtos falsificados. Nunca entregam o que prometem.

Como um pai desequilibrado, quer que os filhos briguem na rua. Treinam os menino(a)s para a porrada em nome de si mesmos. Sentem orgulho da cria que obedece cegamente ao desequilíbrio paterno. Assim é com Haddad. Jamais entendeu que Serra não é cria de alguém. E que FHC não se permite o ridículo que marca um criador de monstrengos.

Continua após a publicidade

FHC enxerga Lula como ele é.

A frase chega a ser maldosa, no sentido de não respeitar a insanidade de um doente mental. De fato, morder canelas é apropriado para os cães. Assim como correr atrás de carros ou abanar o rabo.

Qualquer ser humano que seja visto mordendo canelas ganhará uma camisa-de-força como medida preventiva.

O Imperador de São Bernardo pretende ser o Rei do Canil? Já conseguiu.

Lula é o lobo-alfa da matilha do PT. O cão líder. Aquele que indica aos que o seguem o caminho da fuga, o alvo do ataque e a escolha do momento do que fazer. Além de ser o primeiro a comer a ração. Assim são os cães que comandam outros cães.

A ordem agora é morder canelas.

Continua após a publicidade

Um dos alvos preferidos de qualquer matilha são os carteiros. No delírio lulista, somos todos carteiros. O que não deixa de fazer sentido, pois o lulopetismo sempre preferiu agredir o mensageiro em vez de examinar a mensagem.

Falta a Lula a nobreza dos lobos-alfa, que dão a vida pelos membros da matilha. Lula vive da vida dos outros. Os genuínos lobos-alfa vão para o sacrifício em defesa do grupo. Lula esconde-se atrás de assessores ou companheiros. Lobos-alfa se retiram quando ficam velhos. Lula quer que o mundo acabe quando ele acabar. Lobos-alfa são fiéis…

FHC acertou mais uma vez. Não é mesmo apropriado a um ser humano morder canelas. E qual petista se importa com isto?

Seria Lula vacinado?

É essa a verdadeira questão que se coloca a partir de mais uma espantosa, ridícula e vergonhosa declaração de Lula. É o que resta do que ele mesmo disse.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.